Incontrolável rebelde: a discografia comentada de Iggy Pop

O padrinho do punk comemora 70 anos e quase cinco décadas dedicadas à música

Paulo Cavalcanti Publicado em 20/04/2017, às 13h05 - Atualizado em 12/09/2017, às 21h38

Iggy Pop - discografia comentada

Ver Galeria
(17 imagens)

Nascido em 21 de abril de 1947 em Muskegon, Michigan, James Newell Osterberg Jr. era um rapaz fã dos Rolling Stones e de bandas de garagem. Ele aprendeu a tocar bateria na adolescência, começando a carreira em grupos de rhythm and blues, entre eles The Iguanas e The Prime Movers. Mas, depois de descobrir o The Doors e o The Velvet Underground, as metas dele mudaram do balanço do R&B para o barulho e a transgressão do rock. Nasceu, então, o The Stooges, assim como a nova persona de Osterberg: o inimitável frontman Iggy Pop. O Stooges gravou três álbuns essenciais e foi primordial para que florescessem a sonoridade e a estética do punk. A banda terminou em 1973, enquanto Iggy se afundava na heroína. Foram quatro anos sem discos até que o fã David Bowie resgatasse o pioneiro. Começando com The Idiot, Iggy Pop se lançou em uma carreira solo que gerou álbuns clássicos e curiosidades. Nesta discografia, vemos que o músico nunca estagnou do ponto de vista artístico.