Debute Paulistano

Com Racionais MC’s e Arthur Verocai, Red Bull Music Academy quer valorizar a troca entre diferentes estilos

Stella Rodrigues Publicado em 22/05/2017, às 13h03 - Atualizado em 02/06/2017, às 17h49

Mano Brown, Ice Blue, Edi Rock e KL Jay são os Racionais MC's

Ver Galeria
(2 imagens)

O rapper norte-americano Mykki Blanco, o grupo Racionais MC’s e o maestro Arthur Verocai são as principais atrações da estreia do Red Bull Music Academy Festival em São Paulo. O evento, que já foi realizado em Nova York e Paris, vai de 2 a 11 de junho e tem a proposta de reunir produtores, músicos, beatmakers, instrumentistas e DJs para que eles se apresentem e engendrem colaborações entre si.

A ideia principal é “trazer essa programação imersiva, com troca de conhecimento entre os movimentos, com um lado multidisciplinar”, explica o curador musical Akin Bicudo, responsável por montar o line-up. “Além dos shows, temos exposições e palestras. O Red Bull Station [no centro da capital paulista] fica de hub central, mas acontecem coisas em vários lugares. O público que é fã do Racionais, por exemplo, terá contato com outros movimentos e direções artísticas e de conteúdo, algo que não faça parte do universo dele. Vamos fazer com que o público transite por situações diversas e tenha diferentes contatos com esses artistas.”

Essa mistura de gêneros e a ênfase em músicos adeptos da “experimentação” casam muito bem com o trabalho de uma das principais atrações nacionais do evento, Arthur Verocai, embora ele prefira não usar a palavra “experimental” para descrever o próprio trabalho. “Nunca gostei de fazer algo normal. A minha personalidade é assim”, crava ele. “Isso é inerente à minha música, eu sempre fui assim.” O artista, que no ano passado lançou o elogiadíssimo No Voo do Urubu, fará um espetáculo que vai misturar o trabalho mais recente e outras fases da carreira.

Apesar de ter nascido fora do país e ser repleto de atrações internacionais, o RBMA busca ser um evento com a cara de São Paulo. “O festival sempre olha para o cenário local e para o que ele tem de expressão máxima de sua cena”, explica Bicudo. “Uma das semelhanças com os eventos que aconteceram em outras cidades é uma preocupação em pensar como ele pode se desenhar de forma a valorizar o que é local. São Paulo vive um momento criativo muito interessante por ter várias referências globais, mas ao mesmo tempo sendo peculiar no jeito como forma público e nos movimentos artísticos que estão em evidência. Não é algo aleatório fazer o evento aqui e agora.”

Red Bull Music Academy Festival São Paulo

Entre 2 e 11 de junho (sexta a domingo)

Red Bull Station (local principal) | Praça da Bandeira, 137, Centro, São Paulo

Ingressos: entre R$ 35 e R$ 60, com opções de meia-entrada