Divas Pioneiras

Uma seleção de grupos e cantoras que definiram o pop feminino nos anos 1960

Paulo Cavalcanti Publicado em 11/06/2017, às 09h43

Carole King

Ver Galeria
(18 imagens)

Quando o rock and roll explodiu na metade da década de 1950, os homens davam as cartas no showbusiness. Mas produtores, compositores e músicos notaram que grande parte dos discos era consumida por garotas. Então, por que não criar canções e promover cantoras que tivessem um apelo direto junto aos sentimentos e angústias do público feminino?

A partir do início da década de 1960, quando a música começou a passar por outras transformações, um novo panorama foi configurado. Surgiu o chamado “the girls’ sound”, ou “o som das garotas”, trazendo uma abordagem diferente em termos de letra e produção.

A música feita por essas mulheres teve grande influência na cultura pop, infiltrando-se no glam rock e na new wave. Décadas mais tarde, Amy Winehouse copiaria o penteado no estilo “bolo de noiva” das estrelas da época, além de reverenciar o som delas. Essa produção, concentrada na primeira metade da década de 1960, marcou o começo da dominação feminina do pop.