Pulse

Dos Gritos à Dance Music

Skrillex, novo mestre do dubstep, dedica-se ao público e dá nova roupagem ao Korn

Monica Herrera Publicado em 09/12/2011, às 12h54 - Atualizado às 13h45

Skrillex, novo mestre do dubstep, dedica-se ao público e dá nova roupagem ao Korn
HARPER SMITH

Não acredite no que dizem: o Skrillex não resolveu arrancar o dubstep de suas raízes cerebrais fincadas no dub-reggae e transformá-lo em um híbrido de dance-metal que os críticos chamam de “brostep”. “Achei que eu ia tocar no Echo, em Los Angeles, uma vez por mês para umas 150 pessoas”, diz Sonny Moore, 23, verdadeiro nome por trás de Skrillex, que deixou a banda From First to Last para focar nas batidas. Em vez disso, Moore tem tocado para milhares de fãs quase todos os dias desde que lançou seu primeiro trabalho, Scary Monster and Nice Sprites, no ano passado, pelo selo de Deadmau5. Seu próximo passo: fez músicas com o Korn (“É de muito bom gosto”) – e quer esquecer os críticos. “Umas poucas centenas podem estar reclamando nos fóruns da internet, mas você pode ir a um festival e ver 100 mil pessoas dançando minhas músicas”, diz Skrillex, que vem ao Lollapalooza Brasil, em abril. “Estão todos pouco se fodendo.”