Pulse

Rolling Stone Fashion Pages: Juventude Perdida

Livro expõe lirismo narrativo do fotógrafo Jacques Olivar

Redação Publicado em 09/12/2011, às 13h46 - Atualizado às 13h50

Rolling Stone Fashion Pages: Juventude Perdida
Jacques Olivar

Em Forever Young (Editora Teneues, sem previsão de lançamento no Brasil), recém-lançado livro-portfólio do fotógrafo Jacques Olivar, o objetivo é evidente: a mistura de narrativas visuais e literárias por meio do olhar da moda. “Eu sempre tento encaixar duas histórias”, ele explica, sobre o trabalho apresentado na obra de 128 páginas: cada imagem clicada é acompanhada de pequenas fábulas e conselhos profissionais assinados pelo próprio Olivar, que nasceu na mítica Casablanca em 1941 e já pensou em ser piloto de avião antes de se tornar fotógrafo profissional. “Há a história do cenário – a atmosfera, a luz, as cores – e a história da mulher – os olhos dela, os sentimentos, a atitude, as roupas”, explica. Outra característica inerente a Forever Young é o cuidado na escolha das locações – cenários líricos com apelo cinematográfico, cuja decadência se contrapõe ao glamour dos modelos retratados. “Gosto de escolher os ambientes mais inesperados”, Olivar confessa. “Um ferro-velho, um restaurante decadente, uma rua vazia em uma cidade fantasma ou a poesia de um posto de gasolina.”