A Culpa É Dela

Compositora de “Ai Se Eu Te Pego”, Sharon Acioly explica como construir um hit

Bruno Raphael Publicado em 13/02/2012, às 12h00

HITMAKER  Sharon já emplacou dois sucessos
divulgação

Começou como uma brincadeira de palco. No mesmo esquema da ‘Dança do Quadrado’, né?”, conta Sharon Acioly, uma das autoras do mega-hit “Ai Se Eu Te Pego”, do fenómeno Michel Teló. “A princípio, era um funk. Mas aí o Antônio Diggs soube da brincadeira e me falou: ‘Sharon, eu fiz essa música de forró pra minha banda’. E daí eu curti e a gente fez essa parceria.”

Sem se considerar uma compositora no sentido estrito da palavra, Sharon culpa o acaso como responsável pelo seu sucesso nas duas ocasiões em que ele bateu à porta. No entanto, ela defende de forma sagaz seu trabalho de “críticas” como as do tecladista Bruno Medina, do Los Hermanos. “Uma pessoa que tem um sucesso em que canta ‘ô, Anna Julia!’ pode falar o que de qualquer outra composição, pelo amor de Deus?”, dispara. “Se você for traduzir o que é MPB, então ‘Anna Julia’ é e funk também é.” Para finalizar, Sharon já diz que tem outro possível hit na manga, depois de “Ai Se Eu Te Pego”: “É ‘A Dança do Tchu Tchu’. Se cair no gosto da molecadinha, vai virar outro sucesso!”, promete.

Coautoras

Semanas depois desta entrevista, três estudantes reivindicaram a autoria do refrão de "Ai Se Eu Te Pego". Em acordo extrajudicial, Sharon as reconheceu como coautoras da música. Saiba mais nas matérias relacionadas abaixo.