Van Halen Retorna Com Disco e Shows

Apresentação eletrizante da lendária banda serviu como anúncio para o novo álbum e a turnê que vem a seguir

Andy Greene Publicado em 13/02/2012, às 11h51

AMIGOS NOVAMENTE  Roth e Van Halen deixaram as diferenças de lado
AP PHOTO/CHARLES SYKES

No meio do set do Van Halen no minúsculo Café Wha?, no Greenwich Village, em Nova York, em 5 de janeiro último, David Lee Roth olhou para os jornalistas e VIPs que lotavam a sala. “Na última vez em que estive em um palco baixo assim, tive de devolver o carro [aos meus pais] antes da meia-noite”, disse. “Este é, sem dúvida, um dos melhores shows.”

Com versões incisivas e furiosas de sucessos como “Panama”, “Jump” e “Running with the Devil”, a apresentação de cerca de uma hora serviu como anúncio oficial da turnê de A Different Kind of Truth, o primeiro álbum da banda com David Lee Roth nos vocais desde 1984, que chega às lojas neste mês.

O show teve uma faixa inédita, “She’s the Woman”, que Roth apresentou como sendo “nova em folha”, embora os mais fanáticos a tenham reconhecido como uma demo de 1976 que já circula há muito tempo em gravações não autorizadas. Dias depois do show, o Van Halen lançou o vídeo de “Tattoo”, o single novo, baseado em uma faixa inédita de 1977, “Down in Flames” (o grupo costuma vasculhar seus próprios baús em busca de material novo).

A turnê de 45 datas em estádios começará já no dia 18 de fevereiro (ainda) sem previsão de passagem pelo Brasil). “Eu falei que voltaríamos”, Roth disse durante “Hot for Teacher”. “Digam que sentiram nossa falta!”