Discursos emocionantes, música e coral gospel marcam despedida a Whitney Houston

Alicia Keys, R Kelly e Stevie Wonder se apresentaram e o ator Kevin Costner, com quem ela trabalhou em O Guarda-Costas, relembrou a artista

Redação Publicado em 10/03/2012, às 18h41 - Atualizado em 19/03/2012, às 18h51

Em 1 de setembro de 2009, Whitney cantou ao vivo no programa Good Morning America, no Central Park
AP

Após mais de três horas e meia, terminou a despedida à Whitney Houston. Iniciada às 15h (horário de Brasília), a cerimônia foi marcada por discursos de pessoas que relembraram a vida, a carreira e a religiosidade de Whitney. Kevin Costner foi um dos que a homenagearam com suas palavras, assim como a prima dela Dionne Warwick, enquanto Alicia Keys, R Kelly e Stevie Wonder fizeram performances musicais.

As dez performances mais impactantes de Whitney Houston

Os diversos amigos da cantora relembraram histórias emocionantes e divertidas, foi um cerimônia com lágrimas e risos. Antes de sua performance, BeBe Winans, da famosa família de cantores gospel Winans (presente em massa), brincou que todos sentirão falta da voz, mas que ele vai sentir falta da “Whitney louca”. Em seguida, o Bispo T.D. Jakes destacou a carreira dela e as dores da vida difícil que ela viveu. A cantora gospel Kim Burrell cantou uma faixa personalizada para Whitney e o produtor Clive Davis, que “descobriu” o talento de Houston, compartilhou suas memórias particulares. Contou a história da garota tímida que se tornou um furacão e resolveu encarar uma carreira no cinema mesmo quando ele, seu mentor, não estava certo que essa era uma boa ideia. “Ela nunca foi arrogante. Ela sempre foi grata”, disse.

Na parte do funeral reservada às celebridades, lágrimas, emoção e mais histórias. Kevin Costner contou curiosidades sobre a convivência com a artista nos bastidores de O Guarda-Costas (leia mais aqui). Alicia Keys cantou “Send Me an Angel”, após destacar a generosidade da amiga (leia mais aqui). Stevie Wonder compôs uma letra especialmente para Whitney e a usou em uma versão de “Ribbon in the Sky”, a “favorita dela”. “Eu tinha muito respeito pelo amor dela pela música”, falou.

Whitney Houston: a carreira da diva em fotos

R Kelly cantou a canção dela “I Look To You” e antes de encerrar sua participação disse apenas “eu te amo, Whitney. Descanse em paz”. Dionne Warwick, prima de Whitney Houston, serviu como uma espécie de mestre de cerimônias, mas teve seu próprio momento durante o qual declarar seu amor à prima lendo o poema “Don't Grieve for Me, Now I'm Free”.

Entre alguns dos outros convidados que fizeram tributo de alguma forma estavam Ray Watson, que trabalhou fazendo a segurança dela por 11 anos; Patricia Houston, ex-agente e cunhada, que entre lágrimas relembrou sua trajetória e contou que as filmagens do ainda inédito Sparkle foram algumas das melhores semanas da vida dela; e CeCe Winans, madrinha da filha dela, Bobbi Kristina, que cantou e pediu aos presentes que a acompanhassem em “Jesus Loves Me”, última faixa que a diva do soul entoou em público.

Bobbi estava presente e foi lembrada em muitos dos discursos. Entre outras coisas, foi aconselhada a se orgulhar sempre da mãe por Costner e lembrada do quanto a mãe a amava por vários amigos da família. De acordo com o site TMZ, Bobby Brown, ex-marido de Whitney, também esteve presente, mas foi mandado embora da igreja pela família Houston, já que o convite dele permitia levar duas pessoas e ele teria tentado entrar com nove. Além disso, Brown queria sentar ao lado da filha, mas os parentes dela não deixaram.

O Reverendo Marvin Winans fechou o funeral chamando diversos amigos e parentes dela para se juntarem a ele no púlpito. O discurso dele sobre a convivência com a homenageada foi seguido por mais canções gospel, leitura de trechos da bíblia e a já aguardada pregação religioso que a ocasião pedia.

O caixão deixou a igreja ao som de "I Will Always Love You", maior sucesso de Whitney Houston. O corpo será enterrado neste domingo, 19, no cemitério de Fairview, na cidade de Westfield, também em Nova Jersey.

Leia abaixo a cobertura completa da morte de Whitney Houston.