A Grandiosidade Desse Tal de Rock

Imagens clássicas e objetos recontam a origem e o crescimento do estilo na exposição Let’s Rock

Bruno Raphael Publicado em 11/05/2012, às 17h14

AULA DE MÚSICA Capas marcantes da Rolling Stone.
divulgação

Com status de maior em seu gênero na América Latina, a mostra Let’s Rock relembra a história do rock and roll na Oca, no Parque Ibirapuera, em São Paulo, desde o início de abril. Estão expostos inúmeros itens, internacionais e nacionais, que traçam a trajetória do género por meio de instrumentos, objetos originais e capas icônicas da Rolling Stone EUA e Brasil. “O rock não é uma coisa linear ou acadêmica”, explica o curador José Antonio Algodoal. “Então, apesar de toda a importância cultural, optei por algo como aquela experiência de uma loja de discos, de quando você entra e há um monte de opções para escolher o que quer.”

Um dos destaques é a exposição de imagens marcantes feitas pelo lendário Bob Gruen, que registrou poses de John Lennon, Led Zeppelin e SexPistols, entre outros. “Escolhi as fotos a partir da minha coleção”, explica Gruen. “Faço exposições há muito tempo e há algumas fotos que são minhas preferidas, outras são mais novas. Não sei dizer qual é a minha preferida, especificamente, porque elas são como meus filhos.” Entre os artefatos, há figurinos usados em clipes e roupas da época da Jovem Guarda e do Tropicalismo. A Let’s Rock permanece em São Paulo até 27 de maio.