Pulse

Como se Nada Mudasse

Steven Tyler e Joe Perry falam sobre a aguardada volta do Aerosmith ao estúdio

Gavin Edwards Publicado em 19/06/2012, às 17h06 - Atualizado às 17h07

SUPERAÇÃO Depois de anos de brigas, o Aerosmith volta a gravar
divulgação

Depois de oito anos de rumores de separação e passagens por clínicas de reabilitação, o Aerosmith está finalmente de volta à ativa. “Estrelas do rock se sujam e depois se limpam”, diz o vocalista Steven Tyler em um raro momento livre entre as gravações do American Idol e a finalização do primeiro disco da banda desde 2004, Music from Another Dimension, previsto para agosto.

O Aerosmith sofreu com sérios problemas de saúde dos seus integrantes nos últimos anos. Apesar dos obstáculos, a banda continuou a excursionar com regularidade – mas foi só depois de uma passagem pela América Latina e Japão, em dezembro, que os músicos se empolgaram para gravar. “Não passo muito tempo ouvindo os discos depois de prontos”, diz Perry. “Especialmente nos anos 80 e 90, os álbuns eram quase como produtos – com tanta gente envolvida, ele deixa de ser seu. Mas lembro-me de ouvir bastante as faixas dos anos 70, por diversão mesmo. E com este disco me vi fazendo isso de novo”, conclui.