Pulse

Formados para o Rock

Cheia de atitude e pronta para o rock and roll, mais uma turma de músicos se forma no Instituto Rolling Stone Brasil

Cláudia Boechat e Thais Azevedo Publicado em 11/08/2012, às 11h46

Henrique sobe ao palco para uma música especial para a mãe, Rosângela...

Ver Galeria
(4 imagens)

Preparado para o rock and roll, Henrique, 10 anos, aluno do Instituto Rolling Stone Brasil, surpreendeu a todos quando interrompeu o discurso do professor, alegando que tinha algo muito importante para mostrar ao público presente no show de formatura da sua turma. Não contente em usar apenas a guitarra, o pequeno astro do rock ficou em pé e agarrou o microfone, anunciando em alto e bom tom, sem timidez alguma e com muita personalidade: “Pessoal, eu gostaria de agradecer a presença de todos, mas principalmente a de uma pessoa muito especial, que sempre esteve presente em todos os momentos mais importantes da minha vida. Mãe! Esta é pra você!”.

Henrique tocou “Parabéns a Você” comemorando o aniversário da mãe e enchendo de lágrimas o rosto de Rosângela, que se emocionou com a homenagem feita pelo filho. Ele não aprendeu a tocar a música nas aulas do Instituto. Ele a tirou de ouvido. Ninguém sabia que ele faria tal homenagem. A iniciativa partiu dele. Um jovem guitarrista cheio de atitude rock and roll.

Ter coragem para subir em um palco pela primeira vez já não é fácil. Imagine então quando se é criança e tem que encarar uma plateia com dezenas de parentes e amigos, cheios de expectativas. Mas isso não foi um problema para os alunos do Instituto Rolling Stone Brasil. Vinícius, 12 anos, também surpreendeu sua mais recente legião de fãs. Surdo-mudo desde que nasceu e aluno do Instituto há apenas dois meses, não se inibiu com a grande quantidade de ouvintes presentes e subiu confiante ao palco, com mais quatro amigos, para tocar “Que País É Esse”, do Legião Urbana. Para quem assistiu à apresentação, não havia como dizer que o menino tinha qualquer tipo de deficiência. Entrosado com os colegas e atento aos gestos do professor Fernando, Vinícius tocou a música inteira, sem errar uma nota. Ao final da apresentação da turma, o professor explicou a situação do garoto, surpreendendo a plateia e gerando uma grande salva de palmas.

Já extasiados com o primeiro show de suas vidas, as crianças comemoraram quando souberam que ganhariam uma guitarra e um amplificador cada uma. Felizes com instrumentos novinhos, se emocionaram ainda mais quando receberam as guitarras das mãos dos músicos da Banda Cine, ídolos dos adolescentes fãs de rock. Os rapazes do Cine bateram um papo com os alunos, explicando como é a vida de um músico, a prática de um instrumento, as aventuras de uma turnê com dezenas de shows, para milhares de pessoas.

Ao final do semestre, o Instituto Rolling Stone Brasil mais uma vez cumpriu sua missão. Essas crianças definitivamente estão formadas para o rock. Com atitude de subir em um palco e usar o rock para fazer uma homenagem, com um vasto repertório musical, novos amigos e a guitarra na mão, elas estão prontas para sair pelo mundo, mostrando que a música mudou a vida delas e pode mudar muitas outras, se você realmente acreditar e correr atrás. Parabéns, pequenos artistas.