Obra Ambiciosa

Diretor também prepara versão cinematográfica de O Tempo e o Vento

Carina Martins Publicado em 11/03/2013, às 14h49 - Atualizado às 14h51

Além de Flor do Caribe, Jayme Monjardim lança em 2013 O Tempo e o Vento , baseado na obra de Érico Veríssimo. O longa, primeiro do diretor desde a estreia com Olga (2004), reúne características comuns de seu trabalho na TV, como o universo gaúcho e a exploração das cores, agora reforçada pelo uso da câmera Sony F65 – segundo ele, será o primeiro filme do mundo realizado inteiramente com o equipamento. “É uma câmera de altíssima resolução e uma gama de cores inacreditável”, diz. “Proporciona uma reprodução próxima da perfeição dos detalhes de textura e tonalidade, além de excelente contraste e reprodução de cores excepcionais. É um ganho para diretores e diretores de fotografia na qualidade final.” Monjardim afirma que o filme irá se diferenciar do texto original de Veríssimo, publicado pela primeira vez em 1949. “É uma adaptação. A essência do livro está lá, mas alguns personagens são absorvidos, outros são agrupados, porque você não conseguiria contar a históriaem duas horas.”