Lollapalooza 2013: Um Ano Mais Tranquilo

Depois de uma correria intensa, o Alabama Shakes só quer desacelerar em 2013

Lucas Reginato Publicado em 15/03/2013, às 14h19 - Atualizado em 28/03/2013, às 13h37

RETA FINAL O grupo de Britanny Howard passou 2012 viajando
Divulgação

O ano passado foi agitado como poucos na vida da vocalista Brittany Howard e dos companheiros de Alabama Shakes. Do lançamento de Boys & Girls, disco de estreia da banda, em abril, até premiações e viagens pelo mundo, o grupo acumulou novas experiências e oportunidades, mas planeja um 2013 com outro ritmo. “Nós nos divertimos muito fazendo turnê, mas também amamos o tempo que passamos com nossas famílias”, ela conta. “Este ano vai ser um pouco mais devagar, o que significa mais tempo em casa, e para isso estamos animados.”

“Mas não posso reclamar”, ela completa. “Nós nunca pensamos que visitaríamos todos esses lugares maravilhosos e tocaríamos em frente de tantas multidões. A vida é boa.” Com o descanso, planos para um novo trabalho devem cada vez mais tomar forma. “Estamos entusiasmados com o desafio de fazer o próximo disco. Na verdade, é o que mais nos deixa ansiosos”, Brittany confessa. “Fazer turnê é ótimo, mas escrever e gravar é o que nós realmente amamos.” A pressão – depois de um bom trabalho tão elogiado quanto o de estreia – parece não abalar a tranquilidade da banda. “Não pensamos muito nisso. Estamos honrados por tantas pessoas notarem nossa música. Pensamos mais sobre como podemos nos superar musicalmente”, ela diz.

A cantora e compositora revela que as faixas do próximo disco já começaram a ser trabalhadas. “Temos um punhado de novas canções. Nós temos uma nova, gospel, que acabamos de introduzir em nossos shows e que realmente estou analisando”, explica. “Escrevemos em casa, mas as músicas ainda precisam ser trabalhadas um pouco antes de chegar ao público.” Aparentemente, o Alabama Shakes não vai apresentar uma sonoridade distante daquilo que se ouviu em Boys & Girls – pelo menos em relação ao estilo de gravação. “Não acho que vamos mudar muito em termos do estilo geral de gravação que preferimos. Eu não esperaria uma gravação pop superpolida de nós tão cedo.”

Antes disso, o grupo desembarca no Brasil como uma das últimas paradas da turnê. “Nós nunca imaginamos que tocaríamos aí. Estamos muito animados”, revela Brittany, que terá a oportunidade de mostrar sua música tanto em São Paulo, no Lollapalooza, como no Rio de Janeiro. “Muitos amigos nos disseram como é divertido e como as pessoas são legais. Esperamos descobrir ótima música local.”

Alabama Shakes no Lollapalooza

Sábado, 30, às 17:30, no Palco Alternativo.