Fotógrafo Daryan Dornelles se notabilizou ao registrar alguns dos maiores nomes das artes e cultura pop do Brasil

Paulo Cavalcanti Publicado em 11/02/2014, às 10h39 - Atualizado em 13/03/2014, às 14h35

Retratos da Vida

Ver Galeria
(7 imagens)

Não é preciso ir muito longe para notar que o trabalho do fotógrafo carioca Daryan Dornelles está em todos os lugares: em revistas, em peças publicitárias, em capas de CDs e pôsteres de shows. Em pouco mais de uma década, ele se tornou um dos mais versáteis e requisitados profissionais do país. “E eu comecei a carreira de fotógrafo por acidente”, conta Dornelles, 43 anos. “É curioso. Na minha família nunca teve um fotógrafo. Teve artista, mas ninguém mexia com fotografia. Eu era nadador e ia sempre ao Chile. Um dia, antes de uma viagem, chegou uma hora que eu já estava cansado desse lance da natação. Comecei a mexer na câmera de um amigo. Aí, uma pessoa da equipe de natação disse que alguém precisava tirar as fotos da equipe. E assim eu comecei.”

Há cerca de 17 anos, Dornelles marca presença em todas as áreas e fotografa figuras notórias do universo da música, televisão, moda, esportes e literatura, entre outras áreas. Mas ele se tornou um especialista em retratos, obtendo resultados expressivos e inéditos. “Antes de trabalhar com alguém, eu estudo muito a pessoa”, revela, sobre sua técnica. “Eu observo muito; se for um músico, procuro escutar o tipo de som que ele faz, entrar no clima mesmo. Mas eu também sou muito rápido.” Além de se mostrar perfeccionista, Dornelles é também um entusiasta das lentes, sempre buscando equipamentos melhores. “Gosto da interação na hora da criação da fotografia. Por isso eu me envolvo muito.”