RÁPIDASCOM... Djavan

Cantor lança CD e DVD Rua dos Amores ao Vivo e comenta política e polêmicas da internet

Guilherme Bryan Publicado em 12/05/2014, às 21h02 - Atualizado às 21h05

Djavan
tomás rangel/ divulgação

A importância do DVD

“O DVD torna definitivo um momento da carreira do artista e também leva para as pessoas aquele evento de maneira profissional. Do ponto de vista mercadológico, é hoje o produto mais rentável, que tem uma circulação mais fluente.”

A inédita “Maledeto”

“Eu fiz essa canção um mês antes de ela ser lançada, porque queria fazer uma inédita para acompanhar o CD ao vivo.”

Box com discos remasterizados, previsto para o segundo semestre

“Nunca escuto meus discos anteriores, mas foi ótimo mergulhar nesse trabalho, ouvindo tudo de novo. Eu fico feliz com o que produzi nestes anos todos.”

Apoio político

“Quando eu dou meu aval a alguém, faço porque o que a pessoa tem como projeto de governo bate com o que quero. E é simples: um projeto que vise melhorar a vida das pessoas, levando os serviços essenciais para as comunidades e tirando cada vez mais gente dos guetos em que vivem.”

Polêmicas da internet

“Uma pessoa pública produz a gana nas pessoas de dizer coisas sobre ela. Essa coisa da minha saúde [os boatos de que Djavan estaria com mal de Parkinson] é uma bobagem que eu já tentei esclarecer e desmentir 500 vezes, mas não adianta. Também dizem que ‘Flor de Lis’ foi uma música composta baseada num fato real de que uma mulher morreu de parto de uma filha minha, mas nada disso aconteceu.”

Drogas

“A minha droga é o prazer que tenho pela vida, pelas coisas, pela natureza, pela profissão, pelo relacionamento com as pessoas. Não bebo e nem fumo.”