Três em Um

Depois de protagonizar o primeiro beijo gay triplo da TV brasileira, George Sauma dará vida a Roberto Carlos nos cinemas.

Christina Fuscaldo | Tradução: Ligia Fonseca Publicado em 13/06/2014, às 15h46 - Atualizado às 16h24

Versátil

George Sauma como Roberto Carlos no filme Tim Maia

Roberto carlos, patrícia e um dos caras que beijaram Jô Soares na boca: esses são os personagens da vez de George Sauma. Conhecido pela atuação em novelas e séries da Globo, o ator de 24 anos interpretará o Rei no filme biográfico Tim Maia, previsto para agosto. Atualmente, ele também incorpora uma personagem feminina na peça A Importância de ser Perfeito, adaptação de Oscar Wilde em cartaz no Rio, e lidera a banda Choque do Magriça, que, em abril, promoveu o que foi considerado o primeiro beijo gay triplo da TV brasileira, no Programa do Jô.

A banda começou entre amigos, no curso de teatro, quase dez anos atrás, mas só há dois chegou à formação definitiva. Depois de um crowdfunding bem-sucedido, o Choque do Magriça lançou o primeiro CD, com músicas dançantes que fazem referência a Sarney (na canção homônima), à miséria (“Salamaleques”) e ao bolso dos brasileiros (“Astro”). No palco, Sauma toca teclado, canta, sapateia e faz comédia.

“Estou realizado. Concretizei o sonho de ter uma banda ativa, estou no teatro e fazendo muito cinema”, diz ele, que revela que participou de vários longas recentemente, mas que Tim Maia ainda é o que gera mais expectativa. “Viver Roberto Carlos é uma responsabilidade, mas não foi tão difícil porque sou muito fã dele.”

Sauma agora aguarda a estreia dos outros três filmes nos quais atua, todos previstos para 2014: Trash, dirigido por Stephen Daldry, com Wagner Moura e Selton Mello; Divã 2, com Vanessa Giácomo; e Vestido pra Casar, com Leandro Hassum. “Estou na maior correria”, ele afirma. “Mas só faço coisas que me dão prazer e que se completam.”