Comédia Absurda

Quero Ser John Malkovich abusava do surrealismo

Redação Publicado em 15/08/2014, às 17h34 - Atualizado às 17h37

Malkovich : esculacho
Divulgação

Quero ser john Malkovich foi o primeiro filme dirigido por Spike Jonze, que na época havia tinha se sobressaído no universo do videoclipe. Surreal e inventiva, a produção ganhou elogios do crítico Peter Travers, que escreveu: “O filme fala de Craig (John Cusack), um construtor de bonecos que acha um portal mágico. Através dele, Craig consegue penetrar por 15 minutos

na cabeça do ator John Malkovich. Com a ajuda de Maxine (Catherine Keener), uma ambiciosa colega de trabalho, ele começa a vender entradas para que as pessoas sintam como é ser uma celebridade por alguns minutos. Jonze se revela um craque dirigindo os atores. Eles encarnam verdadeiros perdedores como Craig e Lotte, a mulher dele (Cameron Diaz, sem nenhum glamour

e muito engraçada). O próprio John Malkovich tem uma atuação maravilhosa avacalhando com a própria imagem. Com uma visão única, Jonze orquestra todo esse absurdo, como se penetrar na mente de uma celebridade fosse a coisa mais natural do mundo”.