De Volta a 1994

Weezer prepara retorno às raízes no primeiro álbum de inéditas em quatro anos.

Tradução: J.M. Trevisan Publicado em 13/08/2014, às 17h04 - Atualizado em 19/08/2014, às 14h43

Animado
Rivers Cuomo se diz feliz por gravar inéditas novamente.
Foto: Divulgação

Em alguns dos oito discos que já lançou na carreira, o Weezer tentou de tudo: de parcerias com Jermaine Dupri a toques de música barroca. Everything Will Be Alright in the End, primeiro álbum deles em quatro anos, traz de volta o característico power pop que sempre foi a base do som da banda. Esse retorno às raízes aparece também na escolha do produtor Ric Ocasek, responsável pelo disco de estreia, Weezer (1994). “Adoramos o Ric”, diz o vocalista Rivers Cuomo. “Se eu coloco muitas harmonias de guitarra, ele me diz que fica parecendo Styx ou Boston, e não como elogio.” O single “Back to the Shack”, sobre o lugar onde eles gravaram as primeiras demos, é uma pérola digna dos melhores momentos da banda. Mas o LP, que tem lançamento previsto para 30 de setembro, promete algumas estranhezas também. “Estamos trabalhando em uma faixa de sete minutos e é quase experimental”, afirma Cuomo. “Ela tem me deixado mais empolgado do que qualquer outra música que eu já tenha ouvido na vida.”