Estendendo as Possibilidades

Entre os mais vendidos dos Estados Unidos, American Authors se lança no Brasil.

Lucas Brêda Publicado em 14/08/2014, às 12h12 - Atualizado em 19/08/2014, às 14h46

Persistentes 
O furacão Sandy quase impediu o American Authors de concluir o primeiro disco.
Foto: Divulgação

Quando o furacão Sandy, em 2012, atingiu um pequeno restaurante francês em Manhattan, Nova York, Zac Barnett perdeu o emprego como garçom. Sem dinheiro nem para pagar o aluguel, o rapaz precisou relevar a situação financeira para liderar o American Authors na conclusão do primeiro álbum do grupo. “O que você faz em uma situação como essa, desiste?”, indaga o vocalista.

Foram sete anos desde a formação da banda até a explosão com “Best Day of My Life” em propagandas de TV e no game Fifa 14. Segundo Barnett, as canções “têm um pouco desse sentimento de esperança”. O disco Oh, What a Life, lançado em março, está na lista dos mais vendidos nos Estados Unidos. Com esse cenário favorável, o American Authors desfruta das vantagens do sucesso, lançando Oh, What a Life internacionalmente, inclusive no Brasil. E esse parece ser só o começo da ascensão, sustentada por melodias que remetem ao Imagine Dragons e banjo que lembra o Mumford & Sons. “O negócio é crescer cada vez mais, como músico e como pessoa”, afirma Barnett.