Adoração Improvável

Criada nos anos 1960 e atual fenômeno pop, Doctor Who estreia mais uma temporada com novo protagonista.

Guilherme Guedes Publicado em 08/09/2014, às 11h03 - Atualizado em 10/09/2014, às 17h51

Alienígena Peter Capaldi é o novo Doutor.
Adrian Rogers

Em 1989, quando a saga original de Doctor Who foi cancelada pela BBC, poucos apostariam em um possível retorno – muito menos que ele viria de forma triunfal, colocando a série como uma das ficções científicas mais cultuadas de todos os tempos. Após retornar às telas em 2005 e conquistar uma nova geração de fãs apaixonados em todo o planeta, Doctor Who aproximou gerações e criou ansiedade sem precedentes para a oitava temporada desde a reestreia. De quebra, a série ainda apostou em uma encarnação mais sombria e sagaz do alienígena humanoide que navega pelo espaço e tempo em uma cabine policial azul.

De tempos em tempos, o Doutor se regenera, ou seja: troca de corpo e consequentemente de personalidade. Após o sucesso excepcional de David Tennant e Matt Smith na pele do personagem, o peregr i - no espacial será interpretado pelo escocês Peter Capaldi, até agora mais conhecido no Reino Unido pela série de comédia The Thick of it. Para divulgar a nova temporada, a BBC organizou a Doctor Who World Tour, um evento que passou por Inglaterra, Coreia do Sul, Austrália, Estados Unidos, México e chegou ao Brasil na segunda quinzena de agosto, em parada única no Rio de Janeiro. Além da exibição prévia do primeiro episódio do novo Doctor Who, a turnê ofereceu aos fãs a chance de um bate-papo exclusivo com Capaldi, Jenna Coleman (que dá vida a Clara Oswald, companheira do Doutor nas jornadas interestelares) e Steven Moffat, roteirista-chefe do programa desde 2008, também conhecido por ditar os caminhos de outra série inglesa de sucesso, Sherlock.

“Eu não sabia que havia tantas pessoas fanáticas pela série ao redor do mundo”, confessa Capaldi, ainda atordoado com o frenesi recente em torno dele. Fã da saga desde criança, o ator se diz encantado com a chance de dar vida ao personagem que emulava na infância. “ Doctor Who está dentro de mim de um jeito que eu nem consigo compreender. E isso é o mais importante para um ator: que o personagem esteja dentro do seu coração”, avalia. Para Jenna, que faz parte do elenco desde 2012, o sucesso da série é explicado pela humanidade irônica dos personagens e pela possibilidade de se aventurar pelos lugares mais inexplicáveis. “Clara é uma professora que viaja pelas estrelas ao lado do Doutor e depois volta a ser uma professora”, explica. “Quem diria não? ‘Você quer viajar pelo tempo e pelo espaço?’ É claro!”