Loira Maternal

Há dez anos, Gwen Stefani iniciava carreira solo e revelava o desejo de ser mãe.

Redação Publicado em 10/09/2014, às 16h16 - Atualizado em 11/09/2014, às 10h25

Loira Maternal

Ver Galeria
(1 imagens)

À frente do No Doubt , Gwen Stefani se tornou uma das grandes estrelas do pop na década de1990. Em 2005, ela lançou Love. Angel. Music. Baby., o primeiro álbum solo da carreira. A repórter Jenny Eliscu acompanhou a rotina da artista em Nova York. “Nos três dias que passei com Gwen, o desejo dela de ser mãe era um tema constante”, escreveu a jornalista sobre a cantora, que completa 45 anos no próximo dia 3 de outubro. “Ela confessava que nunca tinha planejado ser uma popstar e que a maior alegria da vida dela era ter se casado com Gavin Rossdale, vocalista do Bush. E, em meio ao sucesso, se preocupava com os conflitos entre a carreira e a vida pessoal.” Gwen disse que em algum momento iria “querer ter uma família” – ela deu à luz o primeiro filho no ano seguinte, e hoje é mãe de três crianças. “Eu não vou ter tempo para ficar me apresentando ao redor do mundo, mas sempre vou poder escrever canções.” A cantora também aproveitou para negar que, com a carreira solo dela, o No Doubt chegaria ao fim. “Por muito tempo nos dedicamos muito uns aos outros. Mas crescemos. Uma pausa era necessária.” Ela confessou ainda que, depois de 17 anos trabalhando com a banda, foi intimidador se ver sozinha ao lado da compositora Linda Perry e do produtor Dr. Dre, mas que “depois tudo ficou mais confortável”. Àquela altura, mesmo com tudo se mostrando cada vez mais promissor, Gwen afirmou que não queria pensar no futuro. “Eu não sei o que estarei fazendo daqui a dez anos”, disse. “Eu vou ter 45 anos, nem quero pensar nisso. Mas amanhã à noite estarei na cama com meu marido e aí tudo ficará bem.”