Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Velha Infância

SEYCHELLES vai atrás da faceta lúdica do rock

Por Leonardo Dias Pereira Publicado em 10/11/2008, às 12h13

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail

Formado por músicos que transitam no underground paulistano - o vocalista Gustavo Garde toca com Edgard Scandurra na banda Os Bons Mods e em outros projetos; o guitarrista Fernando Coelho, no Mamma Cadela; o baterista Paulo Chapolin, no Ludov; e o baixista Renato Cortez, no inusitado projeto Amy Winehouse Cover -, o Seychelles surgiu da busca por uma "reconexão" com o rock. E uma tradicional casa noturna da cidade foi crucial nessa formação. "Por volta de 2001, a gente se encontrava muito na FunHouse, até porque não existia esse monte de casas que tem hoje", recorda Coelho. "Rolava show do Thee Butcher's Orchestra, Los Pirata, e eu e o Gustavo começamos a trocar umas idéias. Desses papos, rolou de ele mandar uma letra pra eu fazer algo em cima. O Paulo e o Renato vieram depois e formamos a banda." O resultado foi o álbum Ninfa do Asfalto, lançado em 2005. Com a boa repercussão, a banda logo retornou ao estúdio para continuar a parceria com o recém-lançado Nananenem. Ou melhor, em vários estúdios: "Fomos para um sítio compor e registrar as novas músicas", conta Coelho. "Acordávamos às 5 da manhã e tocávamos até dormir. Saímos de lá e fomos para o [estúdio] Flap gravar as baterias. Depois, a mãe de um amigo nosso, que tem um estúdio bem equipado em casa, foi viajar por uns 15 dias. Chegamos nele e perguntamos: 'Quanto você quer pra gente morar na sua casa?'" Apesar do título sugerir uma ligação com a infância, as letras e o clima do álbum são tanto densos ("Ansiedade e Obsessão") quanto contestadores ("Punk Modinha"). "É algo meio primata, que acabou saindo do inconsciente. Como 'gugu-dadá'", Coelho esclarece o título. "Tem amigos que falam que é um disco 'rococó-construtivista- dadaísta'. Mas procuramos buscar o lado lúdico do rock nele, como o disco A Night at the Opera, do Queen. A nossa capa é até inspirada nele."

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!