10 clássicos do cinema incríveis para assistir na HBO Max: O Iluminado, Senhor Dos Anéis, Harry Potter e mais

Bem além de Harry Potter e Gossip Girl: confira 10 filmes clássicos para assistir na HBO Max

Redação Publicado em 11/07/2021, às 15h20

None
Alex em Laranja Mecânica (Foto: Divulgação / Warner Bros)

HBO Max chegou ao Brasil! Depois de mais de um ano de espera, é possível acessar os títulos do streaming - que inclui programas e filmes da HBO, Warner, Cartoon, DC e originais. Os títulos mais aguardados - comoFriends, Liga da Justiça,Gossip Girl e Harry Potter - estão disponíveis para todos os assinantes.

Mas, além desses, o catálogo amplo oferece vários outros, incluindo clássicos do cinema. De ganhadores de Oscar como Gravidade e Senhor dos Anéis até bizarrices esquecidas como Marte Ataca!, deTim Burton, são dezenas de títulos saudosistas ou impressionantes.

+++ LEIA MAIS: Qual ator era 1ª opção de Tim Burton para o Coringa em Batman?

Confira alguns clássicos do cinema para assistir no HBO Max:

Harry Potter

Um dos maiores clássicos dos anos 2000, mostra a história do garoto bruxo e órfão que descobre ter o dever de salvar o mundo. Depois de muita espera dos fãs, finalmente é possível assistir aos longas no streaming.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por HBO Max Brasil (@hbomaxbr)


Senhor dos Anéis

Os livros clássicos de J. R. R. Tolkien viraram uma trilogia cinematográfica de sucesso estrondoso. Acumula 30 indicações ao Oscar, e 17 premiações - o maior número para uma franquia.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por HBO Max Brasil (@hbomaxbr)


Combo Stanley Kubrick 

2001: Uma Odisseia no Espaço

Em 1968, Kubrick lançou o filme que mudaria para sempre a relação do cinema com a ficção científica (e foi inspiração para Star Wars!). Em 2001, o diretor apresentou um desbunde de efeitos especiais e história. É um dos maiores influenciadores da cultura pop - o monolito apareceu até em Fantástica Fábrica de Chocolate, e diversos comerciais.

Laranja Mecânica

Na sequência de Odisseia, Kubrick lançou Laranja Mecânica - um marco na contracultura e vivência jovem dos anos 1970, tanto como livro quanto como filme. A ultraviolência e demonstração crua de desagrados da obra foram difíceis de serem demonstradas, mas Kubrick o fez - e tornou o longa um grande clássico.

O Iluminado

O clássico baseado na novela de Stephen King é um dos maiores sucessos do cinema dos anos 1980. Dirigido por Stanley Kubrick, apresentou diversas inovações cinematográficas, além de entrar para história como um trabalho exaustivo (porém, impecável) para os atores. 

Doutor Sono, sequência de 2020 dirigida por Mike Flanagan (Maldição da Residência Hill) também está no catálogo do HBO Max.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Stanley Kubrick (@stanleykubrick)


Matrix

A trilogia marcou a virada do século - e a ficção científica. Os medos da influência da tecnologia galgaram essa história, e Matrix segue influente (com suas red pill e blue pill) ainda hoje.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por HBO Max Brasil (@hbomaxbr)


Space Jam

Everybody get up! Os anos 1990 foram marcados pelos Looney Tunes, ainda mais nesse filme - que, para crianças da época, parecia mágico - no qual as animações interagem com astros de basquete reais. Uma sequência com mesmo nome chega às telonas em julho.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Space Jam: A New Legacy (@spacejammovie)


Mortal Kombat

Das telinhas de videogame para telonas do cinema, os filmes de Mortal Kombatnão são bons - mas, ao mesmo tempo, são incríveis! Embora não apostem em técnicas cinematográficas de qualidade, com certeza compensam em diversão e saudosismo.


Cidadão Kane

Em 1941, Orson Welles revolucionou o cinema. Na trama, mostra um multimilionário à beira da morte e um mistério por trás de sua última palavra: Rosebud. é uma obra prima de roteiro (apresentando flashbacks), de recorte (também por mostrar uma história não linear - algo que não existia!), de trilha sonora e fotografia.

Por fazer troça do magnata da imprensa William Randolph Hearst, Cidadão Kane foi boicotado em massa. Não conseguiu, nas bilheterias, nem o dinheiro do orçamento. Mas virou um estrondo alguns anos depois. Em 2020, Mank, da Netflix, mostrou a história da formação do roteiro.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Mank (@mank)


Os Fantasmas se Divertem

Um jovem casal morre. Mas não sabem disso. Pelo menos, não até uma nova família se mudar para casa deles. Com uma "mini" Winona Ryder, Tim Burton apresentou nesta produção o visual excêntrico que o acompanharia por anos: muito preto, branco, roxo, moldados em espirais e monstros cheios de olhos e dentes.