Amanda Bynes é liberada de tutela após 9 anos; entenda

Nesta terça, 22 de março, Amanda Bynes foi liberada da tutela da mãe, Lynn Bynes, por um juiz da Califórnia, EUA

Redação Publicado em 22/03/2022, às 18h59

None
Amanda Bynes (Foto: Charley Gallay/Correspondente)

Em fevereiro de 2022, Amanda Bynes apresentou documentos judiciais para pedir o fim da tutela da mãe, Lynn Bynes, que estava no controle da vida e carreira da atriz há quase nove anos. Nesta terça, 22 de março, a artista teve a tutela oficialmente encerrada por um juiz da Califórnia, EUA.

Todas as partes envolvidas aparentemente concordaram; incluindo a mãe e o pai da atriz, Lynn e Rick Bynes. "Lynn está tão orgulhosa de Amanda e do progresso que ela fez e espera ter um relacionamento mãe-filha com Amanda fora da tutela,” disse a advogada dos pais, Tamar Arminak, em comunicado à EW.

+++ LEIA MAIS: Ela é o Cara: Amanda Bynes faz rara aparição em público; entenda

Bynes também se pronunciou sobre o assunto em declaração exclusiva à People: "Após a decisão de hoje do juiz de encerrar minha tutela, gostaria de agradecer aos meus fãs por seu amor e votos de melhoras durante esse período. Também gostaria de agradecer ao meu advogado e aos meus pais pelo apoio nos últimos nove anos. Nos últimos anos, tenho trabalhado duro para melhorar minha saúde para que possa viver e trabalhar de forma independente, e continuarei priorizando meu bem-estar neste próximo capítulo.”

Em 2013, a mãe da artista, Lynn Bynes, havia se tornado responsável por ela após uma internação em um hospital psiquiátrico e por ter, supostamente, incendiado uma garagem. 

+++ LEIA MAIS: Ela é o Cara: Amanda Bynes sofreu com depressão e disforia de gênero durante filmagens

Mais sobre Amanda Bynes

Amanda Bynes ficou famosa ao estrelar diversos sucessos dos anos 2000, como Hairspray - Em Busca da Fama(2007), Ela e os Caras(2007) e S.O.S do Amor(2005). A atriz está afastada das câmeras desde 2010, quando interpretou Marianne em A Mentira.

Oscar 2022: qual você acha a melhor música da premiação?

  • "Be Alive" – Dixson e Beyoncé (King Richard: Criando Campeãs)
  • "Down to Joy" – Van Morrison (Belfast)
  • "Dos Oruguitas" – Lin-Manuel Miranda (Encanto)
  • "No Time To Die" – Billie Eilish e Finneas O'Connor (007: Sem Tempo Para Morrer)
  • "Somehow You Do" – Diane Warren (Four Good Days)

+++LEIA MAIS: Oscar 2022: Confira os indicados da 94ª edição da premiação

+++LEIA MAIS: Oscar 2022 exige vacinação e testes de covid para indicados; entenda

+++LEIA MAIS: Oscar 2022: Todos os indicados a Melhor Filme, do pior ao melhor [LISTA]