Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

A Casa do Dragão: Alicent realmente ama Viserys? Olivia Cooke responde

Na trama de A Casa do Dragão, Alicent Hightower é a segunda esposa do rei Viserys I

Redação Publicado em 05/10/2022, às 11h02

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Olivia Cooke e Paddy Considine em A Casa do Dragão (Foto: Reprodução/HBO)
Olivia Cooke e Paddy Considine em A Casa do Dragão (Foto: Reprodução/HBO)

[Atenção: spoilers de A Casa do Dragão abaixo]

Na primeira temporada de A Casa do Dragão, o público foi apresentado a uma Westeros de 200 anos antes da existência de Daenerys Targaryen, quando a Casa Targaryen era soberana no mundo. O rei vigente é Viserys I (Paddy Considine), quem se casa com Alicent Hightower (Olivia Cooke) após a morte da primeira esposa, Aemma Arryn (Sian Brooke).

+++LEIA MAIS: House of the Dragon: Final do episódio 7 muda acontecimento dos livros; entenda

Ao longo da primeira temporada, é visível como Viserys tem um grande apreço e carinho por Alicent, enquanto a personagem não se mostra tão confortável com o marido. Porém, segundo Olivia Cooke, Alicent tem um certo amor pelo rei, mas principalmente após ter três filhos com ele.

"Eu penso que ama, sim. Ela tem um amor genuíno por Viserys. Acho que o carinho e o amor cresceram muito, mas é também porque eles têm esses filhos," afirmou a atriz no podcast The Official Game of Thrones Podcast: House of the Dragon. "Também, Alicent é quase como uma zeladora primária para Viserys agora nas várias doenças dele. Porém, não sei se ela o respeita. Não sei se ela acha como ele é o melhor governante para Westeros."

Ela acha [Viserys] uma pessoa muito mole e isso é provavelmente por causa da maneira como ele lida com seu relacionamento com Rhaenyra.

+++LEIA MAIS: House of the Dragon: fãs ameaçam boicotar livro de George R.R. Martin por racismo


House of the Dragon: Episódio 6 quebra recorde inusitado de Game of Thrones; veja

Além de marcar a estreia de Emma D'Arcy e Olivia Cooke como as versões jovens de Rhaenyra Targaryen e Alicent Hightower, respectivamente, "The Princess and the Queen," sexto episódio da primeira temporada de House of the Dragon, bateu recorde inusitado de Game of Thrones.

No começo do capítulo em questão, a princesa Rhaenyra Targaryen deu à luz ao terceiro filho. Após o bebê nascer, uma das empregadas a avisa como a rainha, Alicent Hightower, queria ver a criança nos aposentos da monarca para saber da verdadeira paternidade (caso nascesse com os cabelos loiros/platinados, seria filho de Laenor Velaryon).

+++LEIA MAIS: Jovens Rhaenyra e Alicent voltarão a House of The Dragon? Showrunner responde

Mesmo cansada e com dor por conta do parto, Rhaenyra pega o mais novo filho no colo para ir pessoalmente aos aposentos da rainha ao lado do marido, Laenor, interpretado por John MacMillan. Segundo informações do Mashable, toda sequência, do trabalho de parto até o momento no qual a princesa e o marido chegam aos aposentos de Alicent, ​​dura mais de cinco minutos -  e chama a atenção por ser filmada em duas tomadas longas.

Como o site reportou, essa cena se tornou a mais longa de toda franquia Game of Thrones. Na série original, a tomada mais longa acontece em uma introdução de dois minutos e 15 segundos para Mole Town em "The Mountain and the Viper," oitavo episódio da quarta temporada.

+++LEIA MAIS: House of the Dragon: É problemático 'shippar' Rhaenyra e Daemon? Showrunner responde