Dave Chappelle: Após acusação de transfobia em especial, humorista é confirmado em festival de comédia da Netflix; entenda

Acusado de tranfobia no especial The Closer, da Netflix, Dave Chappelle vai se apresentar no Netflix is a Joke, festival de comédia do streaming

Redação Publicado em 07/12/2021, às 12h20 - Atualizado às 12h21

None
Dave Chappelle (foto: Getty Images / Sean Rayford)

The Closer, último especial de comédia de Dave Chappelle para a Netflix, estreou em outubro de 2021 cercado por controvérsias e acusações de transfobia. Apesar da polêmica, o humorista foi confirmado no Netflix is a Joke, festival de comédia do streaming realizado em Los Angeles entre 28 de abril e 8 de maio de 2022.

No especial de Netflix, o comediante faz “piadas” a respeito dos órgãos genitais de pessoas trans. As declarações do astro levaram a diversas acusações de transfobia de celebridades e espectadores, assim protestos de funcionários do streaming.

+++LEIA MAIS: Dave Chappelle: Após acusação de transfobia em especial da Netflix, comediante diz que ‘ama ser cancelado’

Conforme noticiou a NME, além da Chappelle, o lineup do evento conta com outros grandes comediantes, como Amy Schumer, Tina Fey, Wanda Sykes, Jerry Seinfeld, David Letterman, Chris Rock, Ali Wong, Hasan Minhaj, Pete Davidson, Kevin Hart, Seth Rogen, Conan O’Brien e Ronny Chieng.

Ainda, algumas das apresentações serão registradas para, posteriormente, serem disponibilizadas no catálogo da Netflix. Não se sabe, contudo, se a performance de Dave Chappelle também estará no streaming.

+++LEIA MAIS: Grupos LGBTQ+ criticam Dave Chappelle por 'ridicularizar pessoas trans' em especial da Netflix; entenda

“O Festival Netflix Is A Joke dará aos fãs de comédia a oportunidade de ver os grandes nomes e descobrir novas vozes em uma das maiores cidades do mundo,” escreveu Robbie Praw, diretor de stand-up e formatos de comédia da Netflix

Celebridades comentam especial de Dave Chappelle

A estreia de The Closer causou um grande alvoroço. Em resposta à produção, funcionários da Netflix realizaram um protesto para a plataforma de streaming reconhecer o efeito prejudicial que o material de Chappelle pode ter na comunidade LGBTQ+.

+++ LEIA MAIS: Funcionários da Netflix fazem protesto contra especial de Dave Chappelle; entenda

Ainda, celebridades se manifestaram contrárias e a favor do comediante e manifestações. Elliot Page, por exemplo, usou o Twitter para defender a atitude dos funcionários: "Eu apoio os funcionários trans, não-binários e pessoas não-brancas da Netflix, as quais lutam por mais e melhores histórias trans, e um ambiente de trabalho mais inclusivo."