Doctor Who: Os 5 melhores episódios da era Russell T. Davies [LISTA]

O roteirista e produtor Russell T. Davies trouxe Doctor Who para o Século XXI e transformou a série em uma das melhores da BBC

Redação Publicado em 24/09/2021, às 17h28

None
TARDIS, nave de Doctor Who (Foto: Reprodução BBC)

A edição original de Doctor Who foi ao ar de 1963 a 1989. A série estava em hiato há mais de 15 anos quando o roteirista e produtor de televisão Russell T. Davies — conhecido por Assumidos (2000) e Bob & Rose (2001) — pressionou a BBC para retomar a trama de forma mais atual e compatível com o Século XXI.

Com Davies à frente da série, a popularidade aumentou muito. Doctor Who se tornou um dos principais programas da BBC e faturou o British Academy Television Award 2006 de Melhor Série de Drama. Pensando nisso, listamos os cinco melhores episódios de Doctor Who da era Russel T. Davies, de acordo com a avaliação do Screen Rant. Confira!

+++LEIA MAIS: Como Russell T Davies salvou Doctor Who com renovação da série?


5 - "The Stolen Earth/Journey's End"

Este encerramento da quarta temporada mostrou todos os amigos de companheiros do Doutor da era de Russell T. Davies juntos uma última vez — foi um serviço aos fãs. O enredo do episódio também trouxe Davros de volta pela primeira vez na nova edição da série, introduzindo-o a uma nova geração de telespectadores. 


4 - "Bad Wolf/The Parting Of The Ways"

Mais um encerramento de temporada, "Bad Wolf/The Parting of the Ways" é simples, mas emocional o suficiente para satisfazer os fãs. Finalmente, assistimos ao fim de Christopher Eccleston como Doutor, mas a trajetória do personagem terminou de forma esperançosa. 

+++LEIA MAIS: Quais são os 10 melhores reboots de séries de todos os tempos? [LISTA]


3 - "The End Of Time"

A despedida de mais um Doutor: dessa vez, David Tennant dizia adeus ao papel em "The End Of Time," uma das performances mais marcantes da série — foi dramático e impactante para o público e ais ainda para o ator. 


2 - "The Waters Of Mars"

"The Waters Of Mars" foi um dos raros episódios escritos apenas por Russell T. Davies, quem normalmente contava com equipes inteiras de roteiristas para ajudá-lo — estes eventos ocasionais são, por vezes, alguns dos melhores de Doctor Who. Aqui, novos monstros tentam destruir a base de Marte e o Doutor tenta (e falha em) gerenciar um ponto fixo no tempo. 

+++LEIA MAIS: Nova temporada de Doctor Who deve estrear ‘o mais rápido possível’, diz showrunner


1 - "Midnight"

Novamente, "Midnight" é simples, mas efetivo. Acompanha o Doutor, preso em um veículo com turistas em um mundo sem vida. As performances, diálogos e edição mostram a capacidade de Davies em criar um episódio perfeito — e o impacto pode ser sentido fora do mérito de Doctor Who como um todo.