Duna: Preservativo, martelo e outros objetos foram utilizados para trilha sonora; entenda [LISTA]

Editores de som de Duna revelaram truques bizarros para dar vida ao planeta Arrakis

Dimitrius Vlahos (sob supervisão de Eduardo do Valle) Publicado em 09/04/2022, às 13h00

None
Duna (Foto: Divulgação / Universal)

Duna (2021), adaptação da obra de Frank Herbert para o cinema, chamou atenção pelos detalhes. Na trilha sonora, objetos peculiares foram utilizados para dar vida ao planeta Arrakis, conforme os editores Mark Mangini e Theo Green revelaram ao jornal The New York Times (via F5).

Conheça alguns dos truques da equipe de Duna:

+++ LEIA MAIS: Duna: Qual era maior medo de Zendaya ao fazer filme com Timothée Chalamet?

Cereal

Um dos desafios estava nas caminhadas pelo terreno arenoso do local. Para representar a especiaria - item alucinógeno valioso encontrado no solo - Mangini e Green precisaram encontrar o som certo nos passos dos personagens. Os editores, então, jogaram cereal no chão e capturaram barulho feito pelas botas passando por cima do alimento.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por DUNE (@dunemovie)

Martelo

Para simular o thumper - instrumento utilizado para chamar os vermes de areia - equipe precisou combinar tecnologia de ponta com ferramentas clássicas. Os editores enterraram microfone aquático (hidrofone) na areia e bateram no local com um martelo.

+++ LEIA MAIS: Duna: Stellan Skarsgård ‘adorava ficar nu’ nas filmagens; entenda

Além disso, gravaram "o som da superfície para registrar o ruído real do impacto," Magini explicou. Confira:

Preservativo

Os vermes de areia ganharam destaque na divulgação de Duna. Imponentes e gigantes, as criaturas ocupam o planeta de Arrakis e são constantes ameaças para os personagens. Para traduzir o perigo para os sons, a dupla buscou solução bizarra: envolver microfone em um preservativo e arrastar pela areia.