Emmy 2021: The Handmaid’s Tale quebra recorde - mas devido às derrotas; entenda

Derrotas do seriado na premiação superaram Mad Men, que bateu o recorde em 2012

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 20/09/2021, às 12h53

None
Cena de The Handmaid’s Tale (Foto: Reprodução/Hulu)

Na cerimônia do Emmy 2021 realizada no último domingo, 19, The Handmaid’s Tale, série estrelada por Elisabeth Moss (June Osborne), quebrou recorde na premiação, mas devido às derrotas, segundo informações do NME. O seriado foi indicado em 21 categorias no evento - e perdeu em todas.

Esse marco de The Handmaid’s Tale bate o recorde anterior estabelecido por Mad Men, estrelada por Jon Hamm (Don Draper), a qual perdeu em todas as 17 nomeações em 2012. Antes disso, Northern Exposure e The Larry Sanders Show não venceram em nenhuma das 16 indicações nos respectivos anos.

+++LEIA MAIS: Emmy 2021: os melhores momentos da premiação - Gambito da Rainha, Michael K. Williams e mais [LISTA]

O seriado estrelado Elisabeth Moss ficou atrás de outras três no número de indicações em 2021. WandaVision teve 23 nomeações, e The Crown e The Mandalorian contabilizaram 24 cada. A produção foi reconhecida em categorias principais, como Melhor Série de Drama e Melhor Atriz em Série de Drama. Ambos prêmios foram para The Crown.

Em maio de 2021, Amazon anunciou a compra da MGM Holdings, empresa de 97 anos dona de algumas das maiores franquias do cinema e da televisão, como James Bond (1962), Rocky (1976),O Hobbit (2012),The Handmaid's Tale (2017) e O Mágico de Oz (1939). A notícia chegou ao público no dia 26 daquele mês, e o acordo tem valor de US$ 8,5 bilhões, segundo informações da People.

+++LEIA MAIS: Emmy 2021: As 4 melhores séries do ano - The Crown, Mare of Easttown e mais [LISTA]