Grey’s Anatomy: Patrick Dempsey ‘aterrorizava e intimidava’ colegas de elenco, relata livro

Diversos atores de Grey's Anatomy, incluindo Ellen Pompeo, reclamavam ao RH de atitudes de Patrick Dempsey

Redação Publicado em 15/10/2021, às 18h34

None
Patrick Dempsey como Derek Shepherd (Foto: Divulgação/ABC)

Patrick Dempsey deixou o papel de Derek Shepherd e o elenco da série de televisão norte-americana Grey's Anatomy (2005) em 2015. Na época, o ator justificou a decisão e alegou como queria passar mais tempo com a família e focar em outros projetos, mas os fãs da produção criaram uma teoria polêmica que, inclusive, foi comprovada, conforme noticiou o Observatório do Cinema.

A forma dos showrunners e produtores justificarem a saída de Dempsey foi matando o personagem, Derek, na 11ª temporada. O evento, porém, pareceu um pouco desconexo aos telespectadores: foi realizado de maneira apressada e o arco foi mal produzido. A teoria dos fãs dizia que o ator teria se envolvido em intrigas nos bastidores, além da série ter causado problemas em seu casamento.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Patrick Dempsey (@patrickdempsey)

 

+++LEIA MAIS: Grey's Anatomy temporada 18: Elenco, trama pós-covid e tudo que sabemos sobre drama médico [LISTA]

Em trechos do livro How to Save a Life: The Inside Story of Grey's Anatomy (em tradução livre para português: Como Salvar uma Vida: A História Interior de Grey's Anatomy) divulgados pelo The Hollywood Reporter, a autora e jornalista Lynette Rice comprova a teoria dos fãs: Dempsey "aterrorizava o set de filmagens" e diversos colegas de elenco reclamaram de atitudes do ator.

O departamento de recursos humanos da emissora norte-americana ABC, inclusive, recebia reclamações sobre o astro. "Não era nada sexual, de forma alguma. Ele meio que estava aterrorizando o set. Alguns membros do elenco tinham todos os tipos de transtorno pós-traumático por causa dele. Ele tinha esse poder no set, sabia que poderia parar a produção e intimidar as pessoas," relata o livro.

“Seu comportamento não era o melhor, mas ele não tinha para onde ir. Estava infeliz, não tinha com quem conversar. Quando Sandra Oh foi embora, lembro-me dele dizendo: ‘Eu deveria ter ido, mas fiquei porque me mostraram todo esse dinheiro. É difícil dizer não a esse tipo de dinheiro. Como você diz não a isso?’”

+++LEIA MAIS: Grey's Anatomy: Os 5 melhores chefes de cirurgia [LISTA]

Ellen Pompeo, intérprete de Meredith Grey e protagonista da série, era uma das que reclamava do colega e interesse amoroso na produção: dizia que Dempsey não tinha comprometimento e não queria trabalhar a mais. A criadora Shonda Rhimes compartilhava a opinião e foi quem pediu a saída do ator.