Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Entretenimento / Tática

GTA 6: Como hacker invadiu Rockstar para vazar dados do jogo?

Em setembro de 2022, um jovem conseguiu invadir Rockstar e vazar aproximadamente 90 vídeos e capturas de tela do desenvolvimento de GTA 6

Lucia e Jason, os dois protagonistas de GTA 6 (Foto: Divulgação)
Lucia e Jason, os dois protagonistas de GTA 6 (Foto: Divulgação)

Um dos maiores vazamentos e ataques hackers da história dos videogames aconteceu em setembro de 2022, quando um adolescente, identificado como Arion Kurtaj, atualmente com 18 anos, conseguiu ter acesso a dados de desenvolvimento de GTA 6, um dos jogos mais esperados dos últimos anos, e revelou detalhes de história e gameplay para o público e fãs da franquia.

O jovem divulgou aproximadamente 90 vídeos e capturas de tela do jogo, que rapidamente se espalharam pela internet, apesar do esforço da desenvolvedora, Rockstar, responsável por GTA, em deletar os vídeos do vazamento por direitos autorais. A empresa afirmou como as "filmagens iniciais de desenvolvimento" foram "acessadas e baixadas ilegalmente". No mesmo mês, Arion Kurtaj foi preso, em Oxfordshire, Inglaterra, por conta do hack.

+++LEIA MAIS: GTA 6 bate recorde antes de revelação oficial; entenda

Por mais que pareça muito trabalhoso invadir o sistema tecnológico de uma desenvolvedora de games grande como a Rockstar, Kurtaj não precisou de muito para conseguir hackear a empresa. Segundo informações da BBC, ele precisou apenas de Amazon Firestick, uma TV de hotel e um telefone celular.

Quais foram as consequências para Arion Kurtaj após hackear Rockstar?

Em julho de 2023, Arion Kurtaj era acusado de 12 crimes: seis acusações sob a Lei de Uso Indevido de Computadores, três acusações de chantagem e duas acusações de fraude. No entanto, ele não foi julgado porque foi considerado “inapto.”

+++LEIA MAIS: GTA 6: Qual música toca no primeiro trailer do game?

Já em dezembro, ele foi condenado a uma "ordem hospitalar por tempo indeterminado," e um juiz decidiu como as habilidades e desejo de cometer crimes cibernéticos significavam que ele continuava como um alto risco para o público, segundo BBC. Kurtaj ficará em um hospital seguro até que não seja mais considerado um perigo. O envolvimento dele como membro-chave da Lapsus$, gangue internacional de “bandidos digitais,” também foi confirmado.