Jason Momoa pede desculpas por tirar fotos no Vaticano; entenda

Astro de Aquaman foi criticado na web por tirar fotos na Capela Sistina

Redação Publicado em 19/05/2022, às 11h52

None
Jason Momoa (Foto: Jordan Strauss / Invision / AP)

Jason Momoa pediu desculpas por quebrar as regras do Vaticano ao tirar fotos no país. Em publicação feita no Instagram no último sábado, 14 de maio, o astro de Aquaman (2018) apareceu em um vídeo feito em uma academia, no qual comentou as fotos tiradas na Capela Sistina, onde é proibido o uso de celulares e câmeras.

"A gaiola foi terminada, estou livre para andar em seis semanas desde a cirurgia. Terminamos de filmar, Itália!", escreveu o ator em referência ao tempo nas filmagens de Velozes e Furiosos 10, previsto para estrear em 2023. Só queria enviar minha absoluta admiração pelos italianos e por este belo país. Quero pedir desculpas por qualquer desrespeito. Amo sua cultura e história. ITÁLIA, AMO TODOS VOCÊS."

+++LEIA MAIS: DC: Qual vilão favorito de Jason Momoa?

"Se você pensou que eu desrespeitei sua cultura, não foi minha intenção. Agora que posso, dei [ao Vaticano] uma doação maravilhosa para trazer meus amigos e equipe, porque só tivemos alguns dias de folga para conhecer esses lugares," explicou no vídeo. "Descobri como as pessoas realmente queriam tirar fotos comigo []. O que é muito estranho na igreja do Vaticano ao olhar para todo aquele esplendor."

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jason Momoa (@prideofgypsies)


Jason Momoa está "em negociações" para filme de Minecraft, diz site

Jason Momoa está 'em negociações' com a Warner Bros. para filme de Minecraft, segundo o site The Ankler. E se a produção fizer sucesso, o estúdio deve investir em uma franquia inspirada no game. (Via IGN)

+++ LEIA MAIS: Chief of War: Jason Momoa será protagonista e roteirista de minissérie do AppleTV+; conheça

A Warner possui os direitos para o filme há anos, contudo, o estúdio passou por conflitos com o diretor Shawn Levy, que deixou o projeto - assim como o sucessor dele, Rob McElhenney. Agora, Jared Hess deve dirigir a produção.

Mesmo com diversos conflitos, como inúmeras mudanças de data de estreia, o estúdio quer tirar o longa-metragem do papel antes de perder os direitos sobre Minecraft em janeiro de 2023. Assim, ele deve correr para começar a produção o mais cedo possível.

+++LEIA MAIS: Chief of War: Jason Momoa será protagonista e roteirista de minissérie do AppleTV+; conheça