Johnny Depp fatura mais de US$ 3,6 milhões após lançar coleção de arte

Faturamento milionário em exposição de arte vem após Johnny Depp vencer processo contra a ex-esposa, Amber Heard

Redação Publicado em 30/07/2022, às 10h25

None
Johnny Depp no lançamento de coleção de arte (Foto: Reprodução/Instagram)

Além da atuação, Johnny Depp arranjou outra forma de ganhar muito dinheiro: exposição das próprias artes. O ator de Piratas do Caribe faturou mais de US$ 3.6 milhões, aproximadamente R$ 18 milhões, após lançar uma coleção de arte, segundo informações do jornal britânico The Sunday Times.

Depp estreou 780 telas na galeria Castle Fine Art em Londres, Inglaterra, que esgotaram "quase imediatamente" após entrarem em venda na última quinta, 28. Intitulada Friends & Heroes, a coleção tem retratos de artistas como Bob Dylan, Elizabeth Taylor, Al Pacino e Keith Richards, todos vendidos individualmente ou em conjunto.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Johnny Depp (@johnnydepp)

[Johnny Depp focou em] pessoas que ele conheceu bem e que o inspiraram como pessoa," disse a galeria sobre a coleção.

+++LEIA MAIS: Johnny Depp escreve música sobre processo contra Amber Heard

"Cada imagem é um reflexo íntimo de seu caráter aos olhos de Johnny; um retrato de como eles se revelaram para ele," continuou Castle Fine Art. "Desde seu querido amigo Keith Richards, que inspirou os maneirismos do infame Capitão Jack Sparrow, a Bob Dylan, cuja influência criativa sobre o artista é vista em seu retrato vívido e imortal de Johnny."

Vale destacar como cada edição limitada foi listada na internet pelo valor de US$ 3,973 (cerca de R$ 20 mil), enquanto o set completo saía pela bagatela de US$ 15,040 (cerca de R$ 77 mil). "Sempre usei a arte para expressar meus sentimentos e refletir sobre aqueles que mais importam para mim, como minha família, amigos e pessoas que admiro," comentou Johnny Depp em comunicado compartilhado pela galeria.

Minhas pinturas cercam minha vida, mas eu as guardei para mim e me limitei. Ninguém deve nunca se limitar.

+++LEIA MAIS: Depois de Amber Heard, Johnny Depp também recorre decisão do júri