Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Entretenimento / Cancelamento

Kelly Osbourne relembra quando foi acusada de racismo: 'Ninguém quer falar de raça com um branco'

A filha de Ozzy Osbourne foi acusada de racismo contra latino-americanos em 2015

Redação Publicado em 19/01/2024, às 13h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Kelly Osbourne (Foto: Araya Doheny/Getty Images)
Kelly Osbourne (Foto: Araya Doheny/Getty Images)

Em 2015, Kelly Osbourne foi cancelada após falar sobre as medidas que o então candidato à presidência dos Estados Unidos Donald Trump sugeriu em relação aos imigrantes que viviam no país. "Se você chutar todos os latinos para fora do país, então quem vai limpar seus banheiros, Donald Trump?", disse a filha de Ozzy Osbourne no The View, ao lado de Whoopi Goldberg e Rosie Perez.

@culturetroll She was expecting a standing ovation 🫣 #kellyosbourne#trump#theview#cringe#fyp#foryou♬ original sound - Culture Troll

Kelly reconheceu que a escolha de palavras foi inadequada, mas se recusou a pedir desculpa por racismo: "Não vou me desculpar por ser racista, já que eu não sou". Agora, o vídeo em que ela aparece dizendo "Se você chutar todos os latinos para fora do país" ressurgiu como meme no TikTok. Os usuários da rede social usam o trecho para fazer piadas irônicas sobre os esterótipos associados aos latino-americanos. 

Em entrevista à Rolling Stone EUA, Kelly afirmou que a colocação foi "o momento mais cringe" de toda sua vida. "Todo esse país é construído sobre imigrantes, e se você impedir que venham as pessoas que fazem os trabalhos que permitem que o país exista, prospere e floresça, quem fará todos os trabalhos que você mesmo não quer fazer?", pontuou.

"A cultura latino-americana é a espinha dorsal da América. Acredito que os latino-americanos são as pessoas mais trabalhadoras que você vai conhecer", continuou. Ela também falou sobre como o cancelamento a afetou: "Machucou muita gente. Isso, para mim, de longe, é a pior coisa que já fiz. Percebi que não sou boa ao vivo na TV e que as palavras são muito poderosas. E ser rotulada como algo que você não é, é realmente difícil. Mas aconteceu. Não há nada que eu possa fazer".

Osbourne ainda precisou rever o vídeo e opinou sobre si mesma, argumentando que era uma "pequena v*dia hipócrita".

Ninguém quer falar de raça com um branco. Ninguém. Eles não querem. Eu aprendi isso da pior maneira. Como eu disse, é hora de aceitarmos a mudança que está acontecendo, abraçá-la e apoiá-la, em vez de ficarmos com medo e sentirmos que alguém está tirando algo de você. Todo mundo tem direito à sua opinião, mas como eu disse, é hora de sentar e calar a boca. Se você não está apoiando, cale a boca.