La Casa de Papel: 5 curiosidades sobre os bastidores da série - visual de Tóquio, morte de Berlim e mais [LISTA]

Em homenagem ao grande finale de La Casa de Papel, separamos cinco curiosidades sobre os bastidores da série

Julia Harumi Morita Publicado em 05/12/2021, às 11h00 - Atualizado em 12/12/2021, às 17h30

None
La Casa de Papel (Foto: Reprodução)

La Casa de Papel(2017) chegou ao fim na última sexta, 3, após 48 episódios de muitos planos elaborados, tiroteios intensos e mortes emocionantes. Criada por Álex Pina, a série deixou de ser uma produção local - ameaçada de cancelamento - para se tornar um dos títulos mais populares da Netflix.

Em homenagem ao grande finale de La Casa de Papel, separamos cinco curiosidades sobre os bastidores da produção, do visual de Tóquio (Úrsula Corberó) a morte de Berlim (Pedro Alonso), de acordo com informações do Screen Rant. Confira:

+++ LEIA MAIS: La Casa de Papel: Final foi decidido no 'último minuto,' revela criador

La casa de Papel: O visual de Tóquio

O visual de Tóquio foi inspirado em uma personagem clássica da filmografia de Natalie Portman: Mathilda, de O Profissional (1994). Corberó revelou para a NileFM que diversas imagens da personagem foram usadas como referência para as roupas de Tóquio - também vale notar que o corte de cabelo e até mesmo a personalidade das duas são parecidas.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por La Casa de Papel (@lacasadepapel)


La casa de Papel: O visual do Professor

Na mesma entrevista, Álvaro Morte falou sobre como o visual do Professor foi criado. O ator sugeriu que o protagonista parecesse um cara tímido, o qual passasse despercebido pelas pessoas - o que demonstra ser muito útil para o personagem na série.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por La Casa de Papel (@lacasadepapel)

+++LEIA MAIS: La Casa de Papel: Por que Úrsula Corberó chorou em todas as cenas da parte 5?


La casa de Papel: Nairóbi nao estava no roteiro original

Nairóbi (Alba Flores) não estava no rorteiro original. Em entrevista ao Oprah Daily, a atriz contou que Pina criou a personagem especialmente para ela após trabalharem juntos na série Vis a Vis (2015).

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por La Casa de Papel (@lacasadepapel)


La casa de Papel: A morte de Berlim

Em La Casa de Papel: O Fenômeno (2020), Pina contou que a emissora não queria Berlim na série por causa da personalidade ultrapassada do personagem. Porém, o criador foi mais esperto e manteve o protagonista no roteiro para matá-lo de forma comovente para o público.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por La Casa de Papel (@lacasadepapel)

+++ LEIA MAIS: La Casa de Papel ganha spin-off sobre Berlim - e Pedro Alonso comemora: 'Profundamente grato'


La casa de Papel: Itziar Ituño quase não fez parte da série

Itziar Ituño quase recusou o papel de Raquel Murillo /Lisboa. A atriz passou anos interpretando uma policial em Goenkale (1994) e não queria repetir o mesmo caminho. Porém, a artista mudou de ideia após ler o roteiro de La Casa de Papel.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por La Casa de Papel (@lacasadepapel)