Metallica: Mulher dá à luz durante show em Curitiba, no Paraná

Nascimento foi ao som do clássico "Enter Sandman", do Metallica; mãe e bebê passam bem

Redação Publicado em 09/05/2022, às 15h19

Nascimento foi ao som do clássico "Enter Sandman"; mãe e bebê passam bem
(Foto: Acervo pessoal/ Reprodução g1)

Uma mulher deu à luz a um menino durante o show do Metallica, no último sábado, 7, dentro do Estádio Couto Pereira, em Curitiba. A tatuadora Joice Figueiró estava grávida de 39 semanas e não quis perder a oportunidade de acompanhar a apresentação da banda de rock.

Ela e e o marido, o barbeiro Jaime Figueiró Neto, compraram ingressos para o show da banda Metallica em abril de 2020, mas a apresentação chegou a ser cancelada duas vezes por causa da pandemia do Covid-19.

+++ LEIA MAIS: Metallica remarca shows no Brasil para 2022; confira datas

Em outubro de 2021, as novas datas foram anunciadas. Liberada pela equipe médica, Joice e o marido curtiram o show na área PCD do Estádio Couto Pereira.

As contrações, que começaram na abertura do show da banda, foram ficando mais intensas, e quando restavam apenas três músicas para o fim do show, a tatuadora foi ao ambulatório médico. 

+++ LEIA MAIS: Metallica: Cidade de São Francisco cria dia dedicado à banda

As equipes de emergência prestaram todos os atendimentos e sem tempo para chegar ao hospital, o bebê veio ao mundo no estádio.

Luan nasceu às 23h15, com 3,025 quilos ao som de um dos maiores clássicos da banda, "Enter Sandman", que, coincidentemente, era a canção favorita do avô paterno que morreu há alguns anos.

Joice e a equipe médica responsável por realizar o parto durante o show do Metallica, em Curitiba
Joice e a equipe médica responsável por realizar o parto durante o show do Metallica, em Curitiba (Foto: Acervo pessoal/g1)

 

+++ LEIA MAIS: Estudo confirma que Metallica é a maior banda da história

"O menino nasceu no final do show, na última música, a mais famosa, a que o meu pai mais gostava. Não tinha roteiro melhor para a história. Eu chorei muito de emoção. A música em si tem um significado porque era a que o meu pai mais gostava", disse Jaime (via g1).