Nicki Minaj e Kenneth Petty: Casal é acusado de intimidar suposta vítima de estupro de Petty, Jennifer Hough

Jennifer Hough acusou o marido de Nicki Minaj, Kenneth Petty, de estuprá-la em 1994 - e, agora, foi supostamente intimidada pelo casal

Redação Publicado em 22/09/2021, às 21h19

None
Nicki Minaj e Kenneth Petty (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images)

Kenneth Petty, marido de Nicki Minaj, foi acusado por Jennifer Hough de estuprá-la em 1994. Em agosto deste ano, a suposta vítima abriu um processo contra o casal, acusando-os de intimidá-la - e deu a primeira entrevista na televisão sobre o caso. 

No novo processo, Hough acusa o casal de intimidação de testemunhas, inflição intencional de sofrimento emocional, assédio, espancamento e agressão sexual e alega ter sido assediada e intimidada a não falar abertamente sobre o estupro. 

+++ LEIA MAIS: Marido de Nicki Minaj pode pegar 10 anos de prisão por antigo crime sexual; entenda

"Estou cansada de ter medo," disse Hough em entrevista ao The Real. Ela e seu advogado, Tyrone A. Blackburn, revelaram como aconteceu o estupro em 1994, em Nova York, EUA. Hough e Petty tinham 16 anos, e o marido de Minaj foi preso naquele dia por estupro de primeiro grau e, mais tarde, confessou-se culpado e cumpriu uma pena de quatro anos e meio. 

Ao ser questionada se a justiça havia sido feita, Hough respondeu: "Não acho que pensei na justiça em si, porque ainda estava me culpando. Achei que era algo que fiz ou não fiz. Então, não acho que pensei se teria justiça. Eu só sabia que ele fez o que fez e foi para a cadeia e eu tive que deixar minha família, tive que sair de casa e tive que me mudar.”

+++ LEIA MAIS: Nicki Minaj: Twitter suspende conta da rapper após desinformação sobre vacinas contra covid-19

Segundo informações da Billboard, Hough “não trabalhou desde maio de 2020 devido à depressão severa, paranoia, assédio e ameaças dos réus [Minaj e Petty] e seus associados. Ela vive atualmente em isolamento por medo de retaliação."

O caso repercutiu mais na mídia nos três últimos anos devido aos comentários de Minaj sobre o caso. Em publicação no Instagram, a cantora criticou os internautas que comentavam sobre o suposto passado criminoso de seu marido: "Ele tinha 15 anos, ela 16... Em um relacionamento. Mas vá para a Internet."

+++ LEIA MAIS: Morre pai de Nicki Minaj, Robert Maraj, após ser atropelado

No entanto, Hough rebateu os comentários: "Foi como reviver isso porque era uma mentira. Não era verdade. Nós dois tínhamos 16 anos. Nunca estivemos em um relacionamento. Parecia apenas de mulher para mulher, isso foi errado da parte dela, porque eu não te conheço e você não me conhece para saber se aquela declaração que você fez o mundo era verdade. Você tem 150 milhões de seguidores no [Instagram]. Todos eles acreditaram. Doeu vir de outra mulher,” finalizou.