Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Entretenimento / Flashback

O dia em que Sam Raimi forjou vários autógrafos de Stan Lee

Muito antes de dirigir Homem-Aranha, Sam Raimi conseguiu contornar um problema após não se encontrar com Stan Lee

Redação Publicado em 12/09/2023, às 17h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Sam Raimi (Foto: Frazer Harrison/Getty Images) e Stan Lee (Foto: Matt Carr/Getty Images)
Sam Raimi (Foto: Frazer Harrison/Getty Images) e Stan Lee (Foto: Matt Carr/Getty Images)

Muito antes de filmar participações de Stan Lee na trilogia de filmes do Homem-Aranha, lançada entre 2002 e 2007, Sam Raimi teve uma interação bastante inusitada com o editor da Marvel: forjou diversos autógrafos da lenda dos quadrinhos.

Durante entrevista ao The Hollywood Reporter, o cineasta revelou como tentou contato com Lee quando era jovem. Como não conseguiu, precisou partir para um meio alternativo para fingir esse encontro que demorou anos para acontecer.

+++LEIA MAIS: Homem-Aranha 4, com Tobey Maguire, teria Angelina Jolie como vilã

"Minha primeira experiência com Stan Lee foi muito ruim, na verdade. Eu era um leitor ávido de Homem-Aranha e Os Vingadores no final dos anos 1970 e, em 1980, estava trabalhando em meu primeiro filme de terror em Nova York," relembrou. Também trabalhava como conselheiro em um acampamento em Algonquin Park."

"Certo dia eles decidiram fazer algo com tema da Marvel e disseram: 'Você pode fazer com que Stan Lee autografe alguns pôsteres?' Eu fui tão ingênuo que disse 'beleza,'" continuou Raimi. "Fui até a Marvel e perguntei se poderia ver Stan Lee."

E as pessoas lá piraram. 'Você está louco?! Você não pode ver Stan Lee!' Então passei toda a viagem de táxi de volta ao aeroporto assinando 'Stan Lee' em todos esses pôsteres. Lá estava eu, com 20 anos, falsificando a assinatura dele.

+++LEIA MAIS: The Last of Us teria filme produzido por Sam Raimi em 2014: 'Maior e mais sexy'

Então, o diretor foi contratado para dirigir um personagem da Marvel pela primeira vez: Homem-Aranha. A trilogia conta com participação de Lee, mas Sam Raimi foi contra essa ideia, por incrível que pareça, mesmo com toda admiração.

"Consegui o emprego para Homem-Aranha em 1999. E Avi Arad [chefe da Marvel] disse: 'Quero que você coloque Stan no filme.' E eu disse: ‘Não. Eu conheço Stan, e ele não sabe atuar.' E Avi disse: 'Eu quero ele no filme. Fizemos isso para X-Men, estamos fazendo isso aqui.'"

+++LEIA MAIS: Por que Homem-Aranha 3 é ruim, segundo Sam Raimi

"Agora imagine que você é um diretor pequeno da Inglaterra fazendo Macbeth e lhe dizem: 'Coloque o escritor na peça'. Parece absurdo," disse. "'Tudo bem, você quer Shakespeare na peça, eu colocarei Shakespeare na peça.' Agora é uma das minhas partes favoritas do filme."