Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

O motivo que fez Michael Cera quase desistir de atuar após Superbad e Juno

Michael Cera revelou como 'parei de aceitar trabalhos que me deixariam mais famoso'

Redação Publicado em 18/07/2023, às 12h54

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Michael Cera (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images for Tony Awards Productions)
Michael Cera (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images for Tony Awards Productions)

Mesmo com um currículo com filmes como Superbad - É Hoje (2007) e Juno (2007) - ambos foram sucesso na época -, Michael Cera pensou seriamente em desistir da carreira de ator em Hollywood após o lançamento dos dois filmes.

Vale lembrar como o ator interpretou Evan em Superbad, enquanto viveu Paulie Bleeker em Juno. Durante entrevista ao The Guardian, Cera relembrou de hesitar bastante com a carreira aos 19 anos, idade que tinha na época.

+++LEIA MAIS: Michael Cera relembra tapa que levou de Rihanna: 'Foi desorientador'

"Eu não sabia como andar tranquilo pela rua. A fama faz você ficar desconfortável na própria pele, te torna paranoico e estranho," afirmou. "Tinha muita coisa boa e conheci muita gente incrível, mas também tinha uma energia pesada que não estava pronto para lidar."

"Chegou um ponto no qual parei de aceitar trabalhos que me deixariam mais famoso. Passei por uma espécie de crise. Não estava curtindo a popularidade, e não sabia se iria querer continuar atuando," continuou Michael Cera na conversa.

+++LEIA MAIS: Barbie: Quem é Allan, personagem de Michael Cera?

No entanto, o ator conseguiu achar um ponto positivo naquilo que ele considerava caótico: "Gostaria de ser um ator ativo que pudesse aproveitar o cotidiano e o mundo que criei para mim mesmo. Penso como essa era a resposta que eu buscava."