Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

O Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder ignoraram sugestões de Jeff Bezos para o roteiro

Jeff Bezos, CEO da Amazon, falou sobre o processo de compra do espólio de J.R.R. Tolkien e sua opinião sobre os produtores executivos da série

Redação Publicado em 02/09/2022, às 11h50

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Pôster de Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder (Foto: Divulgação / Prime Video)
Pôster de Senhor dos Anéis: Os Anéis de Poder (Foto: Divulgação / Prime Video)

Jeff Bezos, fundador da Amazon, fez uma aparição surpresa na estreia global de O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder (2022), que conta com o maior orçamento já investido em uma série de televisão, e agradeceu aos produtores executivos Patrick McKay e John D. Paynena por ignorarem suas sugestões para a série.

Durante o evento de estreia, sediado na Leicester Square, Londres, Bezos indicou ao The New York Post que a equipe de roteiristas teve total liberdade na trama, e agradeceu aos cineastas por darem continuidade ao universo de J.R.R. Tolkien, que teve os direitos adquiridos pelo bilionário em 2017.

+++ LEIA MAIS: George R.R. Martin quer que House of the Dragon seja maior que O Senhor dos Anéis: 'Sou competitivo'

O sonho de todo showrunner – e quero dizer todo showrunner – o sonho deles é obter notas sobre roteiros e cortes iniciais do fundador e presidente executivo. Mas, eu preciso agradecer a vocês por me ignorar exatamente nos momentos certos.

Bezos admitiu que algumas pessoas “questionaram a escolha” de McKay e Payne, já que os cineastas ainda não possuem grandes títulos no currículo, mas expressou sua gratidão por serem escolhidos, afirmando ser "a melhor escolha que poderiam tomar". Ainda na coletiva, o empresário explicou como conheceu o universo de Senhor dos Anéis.

+++ LEIA MAIS: Peter Jackson quis fazer hipnoterapia para esquecer trilogia O Senhor dos Anéis

“Foi meu avô que me apresentou a [J.R.R.] Tolkien”, disse Bezos. “Eu me apaixonei imediatamente. Eu devia ter uns 13 ou 14 anos. Apaixonei-me pela aventura, claro, pelo universo detalhado, pelos sentimentos de esperança e otimismo, pela ideia de que todos têm um papel a desempenhar. E estou feliz em informar que esse ciclo continua hoje.”

Bezos reconheceu o privilégio de trabalhar em O Senhor dos Anéis e a grande responsabilidade que é para os fãs, e finalizou o discurso comentando sobre os conselhos que recebeu dos filhos para a história.

+++ LEIA MAIS: Senhor dos Anéis: Trailer, estreia e tudo que sabemos sobre série Os Anéis de Poder [LISTA]


Mais sobre O Senhor dos Anéis: Anéis de Poder  (2022)

Baseado nos livros de Tolkien, a produção retratará à Terra-Média durante a Segunda Era, porém, em um período anterior aos eventos apresentados nos romances, apresentando personagens novos e já conhecidos na batalha contra o temido ressurgimento do mal na Terra-Média.

Os Anéis de Poder ainda exibirão diferentes locais do mapa já conhecido pelos fãs, como as Montanhas Sombrias, às majestosas florestas da capital dos elfos de Lindon, ao reino da ilha de Númenor e aos confins do mapa, contruindo legados que irão sobreviver até muito tempo depois de suas vidas.

+++ LEIA MAIS: Senhor dos Anéis: Qual astro do rock quase dublou Frodo em animação?

Os dois primeiros episódios de O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder já estão disponíveis no catálogo da Amazon Prime Video, e terão novos episódios disponíveis semanalmente às sextas-feiras, a partir de 01h da manhã no horário de Brasília.