Paralimpíadas: tudo o que você precisa saber para acompanhar o evento em Tóquio

As Paralimpíadas de Tóquio começam nesta terça, 24 de agosto, e contará com destaques brasileiros

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 23/08/2021, às 18h33

None
Paralimpíadas (Foto: Reprodução/Instagram/@ocpboficial)

As Paralimpíadas estão chegando! A 16ª edição dos Jogos Paralímpicos será realizada em Tóquio, capital do Japão, e começa nesta terça, 24 de agosto. O Brasil tem grandes nomes para ficar de olho, como Daniel Dias, nadador e maior vitorioso da história do esporte adaptado do país, e Petrúcio Ferreira, do atletismo, medalha de ouro na Rio 2016 e o paralímpico mais rápido do mundo, de acordo com informações do UOL. 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Daniel Dias (@danieldias88)

 

Pensando nas chances do Brasil e no potencial único do evento, listamos tudo o que você precisa saber para acompanhar os Jogos Paralímpicos de Tóquio. Veja abaixo:

+++LEIA MAIS: 5 animes sobre esportes: De Haikyu!! a Iwa Kakeru! Sport Climbing Girls [LISTA]


Quando são as Paralimpíadas?

Os Jogos serão realizados entre os dias 24 de agosto e 5 de setembro.


Cerimônia de abertura das Paralimpíadas

A cerimônia de abertura ocorrerá na terça, 24 de agosto, a partir das 8h, de acordo com o horário de Brasília. Segundo informações do UOL, a transmissão ficará por parte do SporTV2 e Globoplay.

+++LEIA MAIS: 7 documentários sobre a história do esporte no Brasil: De Garrincha: Alegria Do Povo a Menina Da Pipa [LISTA]


Transmissão das Paralimpíadas

Como mencionado, o Grupo Globo transmitirá os Jogos Paralímpicos. O SporTV terá três canais dedicados à cobertura, enquanto a Globo também assegurou cerca de 100 horas para os eventos ao vivo das Paralimpíadas.


Quais modalidades serão disputadas nas Paralimpíadas?

São estimados cerca de 4,4 mil atletas de 167 países para disputar um programa composto por 22 modalidades. São elas: atletismo, vôlei sentado, natação, basquete em cadeira de rodas, futebol de cinco, canoagem, ciclismo, bocha, hipismo, judô, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, tiro com arco, halterofilismo, goalball, parabadminton, parataekwondo, remo, rúgbi em cadeira de rodas, tiro esportivo e triatlo.

+++LEIA MAIS: Skate no Brasil: da 'marginalidade' às medalhas olímpicas


História das Paralimpíadas

A primeira edição dos Jogos Paralímpicos foi disputada em Roma, na Itália, em 1960, com apenas 400 atletas competindo 8 modalidades. Quase 30 anos depois, nas Olimpíadas de Seul 1988, os dois eventos passaram a ser disputados na mesma cidade sede. 

O Brasil ganhou a primeira medalha paralímpica em 1976, nos Jogos de Toronto, no Canadá. A prata foi para Robson Sampaio de Almeida e Luiz Carlos da Costa, no lawn bowls, esporte similar ao bocha. Desde então, o país se tornou uma potência no evento esportivo, marcando presença no Top 10 do ranking de medalhas nas últimas três edições dos Jogos. Em Tóquio, o Brasil terá 260 atletas que poderão alcançar o 100º ouro. 

+++LEIA MAIS: 6 documentários sobre esporte para assistir na Netflix [LISTA]


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!