Por que Loki gargalha quando vai morrer?

No quinto episódio de Loki, a variante clássica do personagem gargalha em um momento um tanto quanto inapropriado

Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 11/07/2021, às 16h00

None
Variantes do Loki (foto: Divulgação/Marvel)

[Aviso: Contém spoilers do episódio cinco de Loki]

Quando o Loki Clássico (Richard E. Grant) se sacrifica para salvar Loki (Tom Hiddleston) e Sylvie (Sophia Di Martino) no quinto episódio da série, ele gargalha antes de morrer e pode haver uma explicação curiosa para isso de acordo com Screen Rant.

Para descobrir quem está por trás da TVA, Sylvie decide encantar o monstro conhecido como Alioth, quem devora tudo que se aproxima. Apesar de contar com a ajuda de Loki, os dois se veem em perigo quando a criatura começa a chegar mais perto. Para salvá-los, a variante do Loki Clássico usa um feitiço para criar uma Asgard falsa e distrair Alioth

+++ LEIA MAIS: Como Loki pode abrir caminho para personagens LGBTQ+ no entretenimento?

O plano dá certo e Alioth parte para cima do Loki Clássico, quem gargalha e grita a famosa frase do personagem "propósito glorioso!" antes de morrer. Apesar de ser um pouco estranho alguém rir nesse momento, isso se encaixa perfeitamente na jornada do personagem na Marvel.

Durante o episódio, Loki Clássico relembra a vida: após escapar de Thanos, percebe como a miséria o segue por onde for e decide se isolar, mas quando sente saudade do irmão e decide procurar Thor acaba provocando um evento nexus e é enviado para o Vazio, junto às outras variantes. 

+++ LEIA MAIS: 5 vilões da Marvel que odiamos amar: De Loki a Thanos [LISTA]

Na cena seguinte, ele, Loki Criança (Jack Veal) e o Jacaré Loki precisam fugir do esconderijo por serem atacados por outras variantes. Então Loki Clássico explica como isso aconteceu porque eles não conseguem mudar. "Estamos quebrados, todas as versões de nós," diz. No entanto, a atitude de salvar Loki e Sylvie do Alioth prova como ele estava errado.

Loki Clássico deixou de ser um Loki. Ele não é egoísta como as outras variantes, pelo contrário, o propósito glorioso dele é abrir mão da própria vida para salvar os outros. E é por isso que ele ri, por conta do absurdo da situação.

+++ LEIA MAIS: Por que diretora de Loki, Kate Herron, fez questão de discutir bissexualidade na série?

Nos quadrinhos, o Loki Clássico não é nem um pouco parecido com a versão anti-heroína do MCU a qual conhecemos. Ele é um vilão exagerado, amargo e quem gosta de espalhar o caos. Por isso, era de se esperar como uma risada maligna combinaria com o personagem.

Ao se sacrificar para salvar as outras variantes, deixa tudo isso de lado, abandonando o passado e o lado de vilão. Depois de uma vida com tanto egoísmo, ódio e enganação, morrer como o herói da história é hilário. 

+++ LEIA MAIS: Por que ‘reviver’ o Loki original foi uma decisão inteligente do MCU?


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL