Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Por que Sarah Jessica Parker nunca apareceu nua em Sex and the City? Atriz responde

Sarah Jessica Parker interpreta Carrie Bradshaw em todas produções da franquia Sex and the City

Redação Publicado em 30/06/2023, às 12h57

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Sarah Jessica Parker como Carrie Bradshaw em Sex and the City (Foto: Divulgação)
Sarah Jessica Parker como Carrie Bradshaw em Sex and the City (Foto: Divulgação)

Principal estrela de Sex and the City e dos filmes, Sarah Jessica Parker nunca apareceu nua em uma cena da franquia - e revelou o motivo por trás disso.

Durante entrevista ao The Howard Stern Show, da SiriusXM, na última quinta, 29, a icônica atriz revelou como hesitou um pouco antes de assinar um contrato com HBO, canal de TV conhecido pelas produções adultas (e muitas com nudez).

+++LEIA MAIS: Sex and the City: Sarah Jessica Parker fala sobre participação de Kim Cattrall após conflitos na série

"Achei o roteiro muito interessante, empolgante, diferente e novo, e nunca tinha visto nada parecido. A única coisa que eu disse a ele que me preocupava era que eu simplesmente não me sentia confortável fazendo nudez e suspeitava que, se não estivesse no piloto, seria parte de uma série," afirmou Parker.

Além disso, a artista comentou como Darren Star, criador de Sex and the City, a acalmou sobre a preocupação em aparecer nua na série original: "Ele disse: 'Não faça isso então... teremos outros atores, se eles se sentirem à vontade para fazer, farão, mas você não precisa.'"

Acho que nunca me senti confortável em me expor dessa maneira. Eu nunca julguei ninguém fazendo isso, não era uma questão de moralidade… eu era tímida.

+++LEIA MAIS: Sex and the City: 'Eu gostaria de poder consertar, mas não posso mudar ninguém', diz Kristin Davis sobre retorno de Kim Cattrall

"Estávamos na HBO e eu sabia que isso significava como poderíamos dizer o que quiséssemos, e poderíamos ser soltas, liberais, salgadas e obscenas," continuou Sarah Jessica Parker. "Mas também pensei que, portanto, isso significava que precisávamos ser disciplinadas e não deveríamos usar a linguagem apenas porque podíamos."

Carrie Bradshaw é uma escritora, e ela é muito, muito, muito atenciosa sobre o que ela diz, como ela diz, quando ela diz, para quem ela está dizendo, e se quisermos usar a linguagem, vamos pensar muito sobre quando ela usa, podemos ser espertos sobre isso.