Roubos Inacreditáveis: 4 motivos para assistir à série documental da Netflix [LISTA]

Disponível na Netflix, Roubos Inacreditáveis narra, a partir do ponto de vista dos criminosos, histórias impressionantes

Camilla Millan Publicado em 24/08/2021, às 13h36 - Atualizado às 13h37

None
Cena do 4º episódio de Roubos Inacreditáveis (Foto: Divulgação/Netflix)

Quais são os roubos mais ousados que você ouvir falar? Certamente, as histórias de Roubos Inacreditáveis, série documental da Netflix, estão na lista — e as narrativas não são contadas de qualquer forma.

Na produção da Netflix, os espectadores entram em contato com os roubos mais inacreditáveis por meio de uma perspectiva única: a dos criminosos. As entrevistas icônicas, em diálogo com reconstituições e, inclusive, momentos cômicos, dão potência aos roubos — inacreditáveis por darem certo, apesar de todos os obstáculos.

+++LEIA MAIS: For Life: 5 motivos para assistir à série produzida por 50 Cent [LISTA]

De uma jovem de 21 anos que consegue roubar milhões de dólares em dinheiro vivo a um homem que se envolve em um roubo milionário pelo desejo de adotar uma criança. As histórias são as mais inacreditáveis possíveis — e são narradas da melhor forma.

A série documental Roubos Inacreditáveis estreou na Netflix em julho de 2021, e permanece disponível no catálogo do streaming. A Rolling Stone Brasil listou 4 motivos para assistir à produção:

+++LEIA MAIS: 4 motivos para assistir Shiny Flakes: Drogas Online na Netflix [LISTA]

Entrevistas incríveis

Quem melhor para contar a história de um roubo do que a própria pessoa que cometeu o crime? Partindo dessa perspectiva única, a série documental faz diversas entrevistas com os criminosos e pessoas próximas a fim de estabelecer como os roubos aconteceram.

Em alguns casos, as pessoas que aparecem na câmera são atores que reconstituem entrevistas realizadas pela produção com os próprios criminosos. Em outras histórias, as pessoas que cometeram os crimes falam em frente às câmeras com todos os detalhes possíveis — e é difícil não se impressionar com a narração.

+++LEIA MAIS: 4 séries documentais de true crime na Netflix para quem gostou de Cena do Crime: Mistério e Morte no Hotel Cecil [LISTA]

Reconstituições

Com base nos depoimentos, a série faz reconstituições brilhantes dos crimes, assim como dos momentos que antecederam e sucederam os roubos. As cenas rápidas, empolgantes e narradas dão um ritmo maior à série, que consegue transmitir a sensação de fazer parte do próprio crime.

Episódios envolventes

A primeira temporada da série conta sobre três roubos no total de seis episódios de cerca de 40 minutos — dois para cada história. Com esse formato dinâmico em diálogo com as entrevistas e reconstituições, a narrativa fica envolvente, e capta o espectador.

+++LEIA MAIS: 4 motivos para assistir O Caso Evandro no Globoplay: de trama instigante a grandes entrevistas [LISTA]

É difícil assistir à primeira parte de cada história e não pular rapidamente para a segunda, com o objetivo de saber os acontecimentos posteriores ao roubo. Afinal, os criminosos vão conseguir se safar?

Produção da Dirty Robber

A Dirty Robber, fundada em 2009 na Califórnia, Estados Unidos, é responsável pela produção de Roubos Inacreditáveis — e é possível enxergar características incríveis da empresa presente em outros títulos.

+++LEIA MAIS: Oscar 2021: 4 motivos para assistir Dois Estranhos, indicado a Melhor Curta-Metragem [LISTA]

Responsável por Dois Estranhos, ganhador do Oscar de Melhor Curta-Metragem, a Dirty Robber tem essa abordagem peculiar e incrível em diversas produções — e é impressionante ver como isso se desenvolve na série documental da Netflix.


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!