Samantha Stark, diretora de Framing Britney Spears, reage à crítica da cantora: 'Tem direito de estar brava'

Britney Spears mostrou-se decepcionada com o modo como retrataram o passado dela em Framing Britney Spears

Redação Publicado em 05/08/2021, às 16h41

None
Britney Spears no documentário I Am Britney Jean (Foto: Divulgação / NBCUniversal / Getty Images)

Samantha Stark, uma das diretoras do documentário Framing Britney Spears ao lado de Liz Day, reagiu às críticas da cantora publicadas no Instagram em julho. Na postagem, Britney Spears afirmou não ter gostado "da forma como o documentário mostra momentos humilhantes de seu passado".

"Enquanto estávamos fazendo o filme, conversamos sobre a possibilidade de re-traumatizar Britney e sua família mostrando estes momentos. O filme se chama Framing Britney Spears porque, no passado, as pessoas usavam fotos para humilhá-la. Nosso objetivo era ir além dessas fotos, através das quais tanta gente fez julgamentos sobre Britney - e, para isso, tivemos que incluir algumas das imagens no filme," disse Stark ao THR.

+++LEIA MAIS: Britney Spears é autorizada a escolher próprio advogado

Ela continuou: "Sempre que isso foi possível, mostramos Britney respondendo [aos paparazzi]. Ela tem todo o direito de estar brava por ainda estarmos olhando para essas fotos, porque é ridículo que estejamos. Elas não deveriam existir. Eu posso tentar me explicar o quanto quiser, mas entendo de onde vem a reação dela."

Para Samantha Stark, a questão da gravidade da tutela de Britney Spears abrange até à indicação do documentário ao Emmy 2021: "A ideia de estar envolvida em uma competição com um filme baseado na história dela é difícil, porque não queremos explorá-la," explicou a diretora.

+++ LEIA MAIS: Advogados nomeados pelo tribunal de Britney Spears renunciam caso de tutela

"No dia seguinte ao anúncio das indicações, Britney teve uma audiência judicial. Ela ainda está passando pela situação que mostramos no documentário. Estamos comprometidas em continuar acompanhando isso tudo, porque queremos nos certificar de que a cobertura dessa história seja precisa e constante," completou.

Framing Britney Spears, documentário sobre tutela da cantora, estreou no FX e Hulu no dia 5 de fevereiro como sexto episódio da primeira temporada do The New York Times Presents. No Brasil, está disponível no Globoplay.

+++LEIA MAIS: Perez Hilton se desculpa por antigos ataques contra Britney Spears: 'Lamento muito'


+++ FIUK: 'TENHO ROCK NA VEIA DESDE CRIANÇA' | ENTREVISTA | RS