Sex and the City: Chris Noth é acusado de abuso sexual por duas mulheres; entenda

Ator de Mr. Big em Sex and the City, Chris Noth foi acusado de abusar sexualmente de duas mulheres, segundo o The Hollywood Reporter

Redação Publicado em 16/12/2021, às 16h12

None
Chris Noth (Foto: Divulgação)

O ator Chris Noth, conhecido pelo papel de Mr. Big em Sex and The City, foi acusado de abuso sexual por duas mulheres, que o denunciaram em reportagem do The Hollywood Reporter. Segundo o Omelete, os incidentes supostamente aconteceram em 2004 e 2015.

Segundo a notícia, as duas mulheres entraram em contato com o The Hollywood Reporter separadamente (uma em agosto e outra em outubro), e não se conheciam antes de fazerem as denúncias. Identificadas com pseudônimos, elas detalharam os supostos incidentes à reportagem.

+++LEIA MAIS: Sex and the City: Morte chocante em And Just Like That... foi planejada desde o início; entenda

Zoe afirma que tinha 22 anos quando conheceu o astro, com 49 anos na época, por uma firma de advocacia. Segundo ela, após flertarem diversas vezes, ele fez um convite para a piscina do seu apartamento. Os dois teriam se visto e, quando a jovem voltou ao apartamento para devolver um livro que pegou emprestado, o ator a puxou para dentro e os dois se beijaram.

Depois, Zoe tentou rejeitá-lo, mas o ator a jogou na cama, tirando o shorts e o biquíni e abusando sexualmente dela, diante de um espelho. "Estava doendo muito, e eu gritei: 'Pare!'. Ele simplesmente não parou. Depois de um tempo, eu disse: 'Você pode pelo menos pegar uma camisinha?'. Ele riu da minha cara". Quando terminou, eu percebi que tinha sangue na minha camiseta. Saí de lá na mesma hora," contou Zoe (via Omelete).

+++LEIA MAIS: Sex and The City: Onde está Samantha no revival And Just Like That?

A segunda mulher a fazer a denúncia é Lily, que afirma ter conhecido o astro em 2015, quando tinha 25 anos. Chris Noth tinha 60, além de estar casado e com um filho. Os dois jantaram e teriam ido ao apartamento dele, onde foi abusada sexualmente.

"Ele tentou me beijar, e eu cuidadosamente me afastei. Ele era muito mais velho, e parecia muito mais velho. Ele continuou tentando e tentando, e eu sei que deveria ter dito 'não' mais firmemente, mas logo depois ele se levantou e abaixou as calças, se expondo para mim e colocando o pênis no meu rosto", disse.

+++LEIA MAIS: Revival de Sex and the City: Estreia, elenco e tudo o que sabemos sobre And Just Like That... [LISTA]

Lily continuou: "Ele me forçou a ficar de costas para ele e me violou por trás. Estávamos de frente para um espelho, e eu estava chorando enquanto acontecia. Quando acabou, fui ao banheiro e coloquei minha saia, estava me sentindo terrível. Violada."

Segundo o Omelete, ambas as denunciantes afirmaram que o retorno de Chris Noth para And Just Like That, reboot de Sex and the City, foram o gatilho para finalmente fazerem a denúncia: “Isso disparou alguma coisa em mim. Por tantos anos eu simplesmente enterrei meus sentimentos. É hora de tentar expô-lo por quem ele é,” disse Zoe.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Chris Noth (@chrisnothofficial)

Resposta de Chris Noth

Chris Noth respondeu às acusações, e afirmou que são “categoricamente falsas”: "Não me importa se essas denúncias datam de 30 anos atrás ou 30 dias atrás, 'não' sempre significa 'não'. Essa é uma linha que eu nunca cruzei. Meus encontros sexuais sempre foram consensuais. É difícil não questionar o timing dessas acusações. Não sei porque elas estão vindo à tona agora, mas sei de uma coisa: eu não assediei essas mulheres".