Sex Education: 5 curiosidades sobre a série da Netflix - inspiração para estética, testes de elenco e mais [LISTA]

A Netflix disponibilizou nesta sexta, 17, a terceira temporada de Sex Education

Redação Publicado em 18/09/2021, às 17h00

None
Otis e Maeve em Sex Education (Foto: Reprodução)

Com muito humor e pegação, Sex Education (2019) veio para quebrar estereótipos de séries adolescentes, as quais, frequentemente, retratam relações íntimas de forma polida, romantizada e performática.

Criada por Laurie Nunn, a produção britânica acompanha Otis (Asa Butterfield), filho da sexóloga Jean (Gillian Anderson) e sua clínica escolar clandestina, a qual oferece respostas e conselhos para alunos cheios de dúvidas e hormônios.

+++ LEIA MAIS: De Skins a Sex Education: A evolução do sexo em 6 séries adolescentes a partir dos anos 2000 [ANÁLISE]

Após dois anos bem-sucedidos, a Netflix lançou a terceira temporada da série na última sexta, 17. Pensando no lançamento, separamos cinco curiosidades sobre a produção, da estética aos testes de elenco. Confira:

Cenas íntimas

Para filmar as cenas íntimas, o elenco principal contou com o auxílio de um coordenador de intimidade. Em um vídeo publicado no Youtube, os atores contam que assistiram a clipes de animais "em ação" e reproduziram os movimentos para treinar. Além disso, eles seguiram coreografias para garantir a segurança de todos.

+++ LEIA MAIS: Prazer feminino, assexualidade e mais: 6 cenas com mais Sex Education de Sex Education


Sex Education mistura a cultura norte-americana e britânica

Reparou como o Colégio Moordale tem características da cultura norte-americana e britânica? A escola é localizada na Inglaterra, mas os alunos não vestem uniformes, usam jaquetas típicas do high school dos EUA e jogam futebol americano.

Segundo Jamie Campbell, produtor executivo, a mistura é intencional para o público dos dois países se relacionarem com a narrativa apresentada. (Via BuzzFeed)

+++ LEIA MAIS: Sex Education: O que você precisa lembrar para assistir à 3ª temporada [LISTA]


Sex Education: o retrô e o moderno juntos

A série também combina elementos visuais de várias décadas, como figurinos inspirados em clássicos dos anos 1980 e os carros de 1970 e 1990. (Via Buzzfeed e Screen Rant)

"Todos nós absolutamente amamos o gênero adolescente, particularmente os filmes de John Hughes dos anos 1980, então queríamos que a série passasse a sensação de uma homenagem ou tivesse um pano de fundo nostálgico. Mas estamos falando de histórias e temas muito contemporâneos e modernos para os personagens," disse Nunn ao Thrillist.

+++ LEIA MAIS: Sex Education temporada 3: trailer, fotos, estreia e tudo que sabemos [LISTA]


Aimee Lou Wood fez teste para interpretar Lily em Sex Education

Em entrevista ao Collider, Aimee Lou Wood revelou que fez teste para interpretar Lily, estudante obcecada com a temática alienígena e erótica. Ao ser recusada para o papel, a atriz foi convidada a fazer um teste para a personagem com o mesmo nome dela. (Via Omelete)

“[Os produtores] me disseram ‘sinto muito, você não vai dar certo como Lily’ e eu respondi ‘tudo bem, mas é uma pena, porque amei a série e é a primeira coisa em muito tempo que me deixou animada’.”

+++ LEIA MAIS: Netflix: As 59 estreias de setembro de 2021, incluindo La Casa de Papel, Sex Education e Lucifer [LISTA]

Wood continuou: “[Quando fiz o teste de Aimee] comecei a rir, porque algumas coisas no roteiro eram iguais a coisas que eu já disse na minha vida, então fiquei: ‘Ai, meu Deus, é isso’.”


Super Smash Bros. em Sex Education

Na primeira temporada, Otis revela ser fã de Super Smash Bros., característica compartilhada com Butterfield. Segundo o Screen Rant, o ator tem o hábito de jogar o clássico online e transmitir partidas na web.

+++ LEIA MAIS: 3 vezes em que odiamos - e 3 que sentimos pena de Adam em Sex Education