Branded Content

Sobe Junto: flow e diversidade marcam estreia do reality da Budweiser

Com apresentação de Thamirys Borsan e Froid, com BK e Tássia Reis como jurados, competição musical de rap e trap foi lançado em duas partes; aqui, os detalhes, spoilers, as participações especiais e o link para assistir

Redação Publicado em 07/02/2022, às 18h12

Thamirys Borsan, BK, Gloria Groove, Froid e Tássia Reis: diversidade também aparece entre jurados e convidados do "Sobe Junto"
Kelly Fuzaro
Falar de rap e trap no Brasil é falar de diversidade, por definição. Hoje, são nomes como Gustah, Neo Beats, MC Caveirinha que fazem frente à liderança imbatível no sertanejo nos charts. Não nas rádios, onde as duplas ainda dominam com uma frequência de 9 a 1 no Top 20 nacional segundo a Crowley, mas nos streamings, onde já há algum tempo disputam o topo das músicas mais ouvidas semana após semana. Nesse sentido, a chegada do reality Sobe Junto, feito pela Budweiser, acerta ao apostar na diversidade como pilar do programa.
 
Disponível desde o último dia 26 no Bud Play, canal de entretenimento da Budweiser no YouTube, o Sobe Junto segue uma estrutura simples de reality musical. Seis grupos se enfrentam em episódios com uma prova e um desafio principal. De quebra, recebem a mentoria de ícones da indústria, como Gloria Groove, MC Carol e Bia Ferreira. O trunfo, no entanto, está na inclusão de corpos diversos, trans, pretos, asiáticos e gordos, que materializam essa necessidade de inclusão que o rap e o trap propõem.
 
"Não tem pessoas transmasculinas na mídia e muito menos gordas, então nós temos de ser as referências", diz Juppiter, membro do bonde Rap Plus Size. "Somos sobreviventes da periferia, trago no som a guerra, o combate", explica Kyriê, que dá nome a um dos bondes. "Mulher também pode estar na voz, também pode fazer rap, fazer trap", reflete Edien Black, do bonde Kell C. Logo nos dois primeiros episódios, composições propostas pelos grupos giram em torno de temas como a importância da representatividade e os desafios enfrentados por pessoas negras.
 
Cada um dos bondes participantes é o retrato de um pop cada vez mais marcado pelo rap e pelo trap no Brasil. Hoje, o Top 50 do Spotify Brasil, por exemplo, é liderado por Xamã, que alcançou mais de 9,1 milhões de streams com o hit “Malvadão 3”, lançada há pouco mais de um mês. Na sequência aparecem Chefin e Mainstreet com “212”, com quase 7 milhões de streams. A lista segue com artistas como Matuê, Gloria Groove, L7NNON, Felipe Ret, Chris Beats Zn. Um cenário bastante diferente das rádios – e definitivamente mais aberto a nomes mais diversos.
 
Com apresentação de Thamirys Borsan e Froid, com BK e Tássia Reis como jurados fixos, o reality convidou artistas igualmente representativos para ajudar a orientar os grupos a cada episódio. Já nos dois capítulos de estreia, quem aparece é Gloria Groove, MC Carol e Bia Ferreira. Em cada aparição, uma identificação diferente dos bondes participantes. "Minha maior referência de rapper feminina", diz uma das cantoras, Kiara, ao conhecer Bia. Até o fim da competição, nomes como o duo Badzilla, o cantor Marcelo D2, Filipe Ret, Rico Dalasam e o próprio Xamã (que foi capa digital da Rolling Stone Brasil em fevereiro, ao lado de Agnes Nunes) devem aparecer como jurados especiais. 
 
O bonde vencedor do Sobe Junto vai tornar-se um embaixador da Budweiser e apresentar-se em diversos eventos patrocinados pela marca no Brasil e no mundo. O reality ainda tem três episódios pela frente e vai ao ar às quintas-feiras no Bud Play, o canal da Budweiser no YouTube. Abaixo contamos mais detalhes sobre os dois primeiros capítulos, então fica aqui o alerta de spoiler. Para conferir, é só dar o play nos vídeos linkados nesta matéria.
 
Episódio 1 - Kiara, Kyriê e Rap Plus Size
 
Os três primeiros bondes, Kiara, Kyriê e Rap Plus Size, se encontram na Bud Factory e se enfrentam em duas provas. Primeiro, eles precisam montar um cypher, com rimas inéditas em cima de um mesmo beat, em 30 minutos. "Um olho na rima e outro no relógio", diz Thamirys. Depois, é hora de montar uma track em duas horas.
 
O episódio conta com participação de Gloria Groove e de Bia Ferreira. "Ser artista é fazer um monte de coisa, mas o show, a entrega na frente da galera diz muito sobre quem você é", diz Gloria.
 
Ao fim do episódio, um grupo acaba eliminado devido ao descompasso. Para descobrir quem foi, dê o play no episódio completo abaixo:
 
 
Froid e MC Carol orientam Bonde Ashira; nervosismo marcou segundo episódio do "Sobe Junto" / Kelly Fuzaro
 
Episódio 2 - Gabriellê, Ashira e Kell C.
 
O segundo episódio começa com a introdução de três novos bondes. Gabriellê, Ashira e Kell C. Aqui, eles se enfrentariam na mesma estrutura do episódio anterior, primeiro com um cypher feito em 30 minutos, depois com um hit composto em duas horas.
 
No palco da cypher, a surpresa: nenhum dos bondes acerta a cypher de primeira. "Se tremer, treme no camarim. Em cima do palco se tremer é latada na cara", diz MC Carol, a jurada convidada do episódio.
 
No desafio principal, o nervosismo ataca novamente. Um grupo consegue se sair bem e acaba vencendo o episódio. Outro perde o domínio de palco e acaba eliminado. Descubra quem sai no episódio completo abaixo:
 
O Sobe Junto é produzido pela Budweiser em parceria com a Endemol Shine Brasil e com a agência Africa. Todos os episódios estarão disponíveis no Bud Play, o canal de conteúdos de Budweiser no YouTube.