Stranger Things: Criadores querem 'dar uma de George Lucas' para resolver problema do Will

Irmãos Duffer apresentaram uma solução para o problema com aniversário de Will em Stranger Things

Redação Publicado em 03/07/2022, às 13h00

None
Noah Schnapp como Will em Stranger Things (Foto: Divulgação / Netflix)

[Atenção: Contém spoilers de Stranger Things]

Parece que os irmãos Duffer tem uma solução bem simples para um dos maiores “erros” de Stanger Things (2016) até agora. Quando a parte um da série chegou a Netflix, diversas teorias sobre a série começaram a circular na internet, e uma delas apontava que os criadores se esqueceram de um detalhe importante sobre Will (Noah Schnapp).

+++ LEIA MAIS: Stranger Things: Por que Max e Lucas terminaram namoro? Sadie Sink responde

Na primeira temporada, há uma cena de Joyce (Winona Ryder) falando com Will e dizendo que ele faz aniversário em 22 de março. No entanto, a quarta temporada mostra uma filmagem feita no dia em que Mike (Finn Wolfhard) chegou a Califórnia – e, coincidentemente, era também no dia 22 de março.

Em entrevista à Variety, os irmãos Duffer admitiram o erro. “A reposta honesta é, assim como os personagens na série, nós também nos esquecemos do aniversário do Will,” Matt Duffer disse. “Agora a discussão é se ajeitamos o aniversário do Will ou se apenas deixamos se algo muito triste.”

+++ LEIA MAIS: Stranger Things 4: Por que Vecna usa e idolatra aranhas?

“Nós amamos Will, e eu não quero que as pessoas pensem que não amamos Will porque esquecemos o aniversário,” completou. No entanto, parece que a dupla pretende resolver esse problema da mesma forma que George Lucas fez com Star Wars, como revelaram em nova entrevista também à Variety.

“Isso é triste demais! E não faz o mínimo sentido, narrativamente falando. Mas a gente estava conversando sobre isso ontem, e eu acho que a gente vai dar uma de George Lucas,” disse Matt.

+++ LEIA MAIS: Kate Bush fala sobre sucesso de 'Running Up That Hill' após Stranger Things em entrevista rara: 'Mundo ficou maluco'

A fala dele faz referência ao hábito que Lucas tem de alterar os filmes ano depois do lançamento. Normalmente, isso acontecia para aperfeiçoar os efeitos especiais, mas mesmo assim alguns fãs não concordavam com as mudanças feitas pelo cineasta.

De acordo com o criador de Stranger Things, a intenção é alterar o áudio original para que a data seja 22 de maio e não 22 de março, pois “maio cabe na boca de Winona [Ryder].” E, para surpresa do público, Ross Duffer admitiu que “já fez isso em outros momentos [de Stranger Things] que as pessoas nem sabem a respeito.”