Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Entretenimento / Polêmica

The Office: O ator que foi infeliz durante as filmagens

Embora querido e reconhecido por seu papel, ator nem sempre esteve contente: “As pessoas amavam. Eu não estava curtindo"

Redação Publicado em 28/11/2023, às 14h40

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Rainn Wilson como Dwight Schrute em The Office (Foto: Reprodução / CBS)
Rainn Wilson como Dwight Schrute em The Office (Foto: Reprodução / CBS)

Considerado pela Rolling Stone EUA como um dos 100 maiores programas de televisão de todos os tempos, The Officefoi um sucesso mundial do começo ao fim de nove temporadas, exibidas entre março de 2005 e maio de 2013.

No entanto, nem todos os atores que fizeram parte do elenco encararam como algo positivo toda a atenção que a sitcom recebeu. Para Rainn Wilson, ser conhecido por interpretar o militar Dwight Schrute não é algo tão bom assim.

+++ LEIA MAIS: Billie Eilish e The Office: Entenda as ligações da cantora com a série

Durante entrevista ao podcastThe Diary Of A CEO, apresentado por Steven Bartlett, o ator revelou ter sofrido crises de ansiedade durante os bastidores. Rainn, porém, destacou que o ambiente nos bastidores de The Office não era ruim, ele apenas nutria ambições maiores para sua carreira.

Eu comecei a sofrer com ataques de ansiedade paralisantes — eu ficava literalmente tremendo e suando no chão. Achava que ia morrer. Às vezes eu tinha muita dificuldade. Em outros momentos, aquele era o melhor trabalho que eu poderia imaginar. Mas eu ficava bravo por não conseguir contratos para fazer mais filmes"

+++ LEIA MAIS: The Office: 4 vezes em que Dwight foi o mais engraçado da série

Em julho deste ano, o ator também abordou sobre a angústia de desvincular a imagem pessoal do personagem. Durante entrevista ao podcast Club Random, apresentado por Bill Maher, o ator explicou como ficou preocupado com as perspectivas de carreira enquanto atuava em The Office, mesmo com grande popularidade do seriado.

"Quando eu estava em The Office, passei diversos anos realmente infeliz porque não era o suficiente. Eu estava ganhando centenas de milhares de dólares. Eu queria milhões e era uma estrela de TV, mas queria ser uma estrela de cinema. Nunca foi o suficiente," afirmou o artista.

+++ LEIA MAIS: Rainn Wilson, o Dwight de The Office, diz que Hollywood tem preconceito anticristão

"É para isso que estou olhando agora e percebendo agora: estou em um programa de sucesso, indicado ao Emmy todos os anos, ganhando muito dinheiro trabalhando com, tipo, Steve Carell, Jenna Fisher e John Krasinski e esses roteiristas incríveis e diretores maravilhosos como Paul Feig," continuou Rainn Wilson na conversa.

Estou em um dos grandes programas de TV. As pessoas adoram. Eu não gostava. Eu ensava: 'Por que não sou uma estrela de cinema? Por que não sou o próximo Jack Black ou o próximo Will Ferrell?' Como é que eu não posso ter uma carreira no cinema? Por que não tenho esse acordo de desenvolvimento?'

Mais sobre The Office (2005)

Adaptação de uma série britânica homônima, a versão estadunidense de The Office acompanha o cotidiano nada normal de funcionários da filial de Scranton, na Pensilvânia, da Dunder Mifflin Paper Company — uma empresa que vende papéis.

+++ LEIA MAIS: Rainn Wilson considera um 'desafio' ser conhecido como Dwight, de The Office

Criada por Ricky Gervais e Stephen Merchant, The Office marcou época não só por retratar o dia-a-dia corporativo de forma bem-humorada e escrachada, como também por criar laços do público com os queridos personagens e seus envolvimentos pessoais. Tudo isso graças aos incríveis papéis de nomes como Steve Carell, John Krasinski, Jenna Fischer e Rainn Wilson.

*texto adaptado do site Aventuras na História

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!